PUBLICIDADE

Topo

Ingrid Guimarães: Está na hora de tirar a mulher de gavetas e estereótipos

Ingrid Guimarães: "Essa mulher perfeita não existe e as pessoas já estão cansadas de perfeição" - Reprodução/Instagram
Ingrid Guimarães: "Essa mulher perfeita não existe e as pessoas já estão cansadas de perfeição" Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

31/07/2020 11h11

Aos 48 anos, Ingrid Guimarães avalia que "já está na hora de tirar a mulher de gavetas e estereótipos" ao comentar sobre a mudança de percepção que enxerga as marcas tendo com as mulheres mais velhas.

"É só pensar que existem marcas que aboliram o termos como anti-aging. Acho que também já estava na hora. Até porque mulheres mais velhas são um público que consome, que tem dinheiro e personalidade. Já está na hora de tirar a mulher de gavetas e estereótipos", afirmou, em entrevista à Glamour.

Ainda sobre essa transição para um mercado de beleza mais inclusivo em diferentes aspectos, a atriz acrescenta que "as pessoas estão cansadas de perfeição".

"Essa mulher perfeita não existe e as pessoas já estão cansadas de perfeição. As redes sociais trouxeram um outro olhar pra mulher. Quem estabeleceu que certa idade é velha? Isso é depreciação de gênero, né? O homem é sempre charmoso quando envelhece. A mulher está cada vez mais empoderada, dona de si e vaidosa dentro da sua realidade", argumenta.

Ingrid também afirmou que gosta de se reinventar pessoalmente e profissionalmente. "É o que me estimula em relação ao tempo. A cada trabalho descubro algo novo. Acho que é a graça da vida! Estou sempre pensando em oferecer algo novo para os outros e pra mim. Acho inclusive que isso ajuda no processo de envelhecimento. Reinventar-se rejuvenesce!"

Autoestima