PUBLICIDADE

Topo

Cidade dos EUA reconhece poliamor como relacionamento oficial

Poliamor foi oficializado para que pessoas possam visitar seus parceiros em hospitais durante a pandemia - iStock
Poliamor foi oficializado para que pessoas possam visitar seus parceiros em hospitais durante a pandemia Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

03/07/2020 09h47Atualizada em 03/07/2020 11h48

A cidade de Somerville, em Massachussets passará a reconhecer como oficiais relacionamentos entre mais de duas pessoas.

Essa mudança foi determinada para que pessoas que não são casadas consigam visitar seus parceiros que estão internados por covid-19 nos hospitais.

O conselho da cidade — o equivalente à Câmara de Vereadores no Brasil — aprovou a mudança na semana passada. O conselheiro Lance Davis disse à rede norte-americana CNN que acredita que esta seja a primeira ordenança desse tipo no país.

"As pessoas vivem em relacionamentos poliamorosos e provavelmente têm uma eternidade. No momento, nossas leis negam sua existência e isso não me parece o caminho certo para escrever leis em qualquer nível", disse Davis.

A lei também já foi aprovada pelo prefeito Joseph Curtatone e deve entrar em vigor em breve.

Em muitos lugares do mundo, inclusive no Brasil, a bigamia é considerada crime. Sendo assim, pessoas dentro de um relacionamento poliamoroso não podem se casar, por exemplo.

Relacionamentos