PUBLICIDADE

Topo

Moda

Convidados da Gucci entram pela 'porta dos fundos' para desfile em Milão

Marcos Candido

De Universa*

20/02/2020 11h49

Quem esteve no desfile da Gucci em Milão foi convidado a entrar pela "porta dos fundos" para conhecer o desfile na semana de moda da cidade italiana.

A ideia foi do estilista Alessandro Michele. O backstage ficava logo na porta de entrada e os convidados puderam interagir com o artista, maquiadores e modelos antes da apresentação de Outono-Inverno da grife.

Apresentação da coleção da Gucci mostrou backstage ao público - AFP - AFP
Apresentação da coleção da Gucci mostrou backstage ao público
Imagem: AFP

"Eu decidi revelar o que fica atrás das cortinas. Que o milagre de mãos habilidosas e o frio na barriga saiam das sombras", escreveu Michele no convite da apresentação.

A passarela apresentava araras e funcionários à mostra; como se o camarim fosse o próprio evento em si. Os últimos retoques de maquiagem e ajustes eram feitos na frente do público. A passarela era como uma vitrine de loja;

Mas e as roupas?

Michele, diretor criativo da Gucci desde 2015, apresentou uma coleção de vestidos em estilo Vitoriano com babados; peças que também a trajes de marinheiro; ternos e calças até os joelhos que remetem aos anos 70. Na maioria dos peças, as calças seguem padrão oversized.

As poucas opções de jeans são ainda mais folgadas, coms rasgos nos joelhos e barra que encobre quase completamente os pés.

Nesta temporada, a Gucci tem criado meios para tirar a audiência do marasmo e ser mais incisiva com as mensagens passadas pela coleção. Em janeiro, o desfile masculino questionou, justamente, a masculinidade tóxica e o binarismo de gênero.

* Com agências de notícias

Moda