PUBLICIDADE

Topo

Ator Cuba Gooding Jr. é acusado novamente de assédio sexual

Denis Makarenko/Shutterstock.com
Imagem: Denis Makarenko/Shutterstock.com

De Universa, em São Paulo

10/12/2019 08h52

Cuba Gooding Jr., de 51 anos, foi acusado mais uma vez de assédio sexual. Desta vez, sete mulheres denunciaram o ator norte-americano.

O caso foi divulgado pelo site PageSix, que obteve documentos com promotores de Manhattan, nos EUA. Com a nova acusação, o número de mulheres que já foram à Justiça contra Cuba chega a 22.

Segundo relatórios, um dos episódios aconteceu em 2009, após Cuba conhecer uma das mulheres em um evento. Na ocasião, ele a convidou para o festival de Sundance.

Em um determinado momento do festival, a mulher disse ao ator, de acordo com o PageSix, que iria embora. Foi aí que o assédio começou.

Às autoridades, ela acusou o ator de "estar agitado" e de beijá-la e apalpá-la sem consentimento. Na ocasião, Cuba, que era casado na época, ainda teria rasgado as calças da vítima e colocado as mãos "com força na região da virilha dela, introduzindo os dedos no seu ânus".

A violência só parou, ainda segundo os relatórios, quando ela conseguiu morder o rosto do ator.

Cuba enfrenta seis acusações de abuso sexual. Ele deve voltar ao tribunal no dia 22 de janeiro.

Reincidência

Em outubro, o site TMZ divulgou um vídeo onde Cuba Gooding Jr. aparece apalpando sem consentimento uma das 22 mulheres que o acusou de assédio sexual.

Nas imagens, é possível ver que o ator passa ao lado da mulher, que usa um vestido claro, dá um tapa em seu ombro e depois passa a mão em seu quadril mais de uma vez. Ela tenta afastá-lo, mas ele insiste e volta a apalpá-la.

Os fatos teriam acontecido na boate TAO Nightclub, em Nova York. Assista abaixo:

Violência contra a mulher