PUBLICIDADE

Topo

Turquia inaugura obra em memória de 440 mulheres mortas pelos companheiros

Obra de Vahit Tuna em Istambul, na Turquia - Reuters
Obra de Vahit Tuna em Istambul, na Turquia Imagem: Reuters

De Universa

09/12/2019 17h29

Um artista plástico criou um memorial em Istambul, na Turquia, para homenagear as 440 mulheres mortas pelos maridos ou namorados em casos de feminicídio registrados no país ao longo de 2018. Para cada vítima, Vahit Tuna fixou um par de sapatos na parede de um prédio.

O próprio artista disse, segundo o site Bored Panda, que sua inspiração foi o crescimento da discussão sobre a violência contra a mulher nas redes.

Apesar de ganharem cada vez mais visibilidade, Tuna sabia que essas histórias tendem a desaparecer rapidamente e, por isso, decidiu fazer de sua obra uma espécie de "lembrete" de que o assunto não pode passar despercebido.

O artista explicou, ainda, que escolheu os sapatos de salto por estética, para que a obra ficasse uniforme, mas disse que não necessariamente representam feminilidade e que poderia ter instalado pares de tênis ou sapatilhas.

Getty Images
Imagem: Getty Images

Getty Images
Imagem: Getty Images

Violência contra a mulher