Topo

Repórter italiana sofre machismo em estádio de futebol: "Mostre os seios"

A repórter italiana Diletta Leotta - Reprodução/Instagram/dilettaleotta
A repórter italiana Diletta Leotta Imagem: Reprodução/Instagram/dilettaleotta

De Universa, em São Paulo

02/10/2019 12h24

A jornalista italiana Diletta Leotta foi alvo de gritos machistas no estádio San Paolo, em Nápoles, no último domingo.

A repórter, que trabalha na plataforma de streaming DAZN, participava da transmissão do jogo entre Napoli e Brescia, pelo campeonato nacional, quando ouviu torcedores na arquibancada pedindo para ela ficar seminua.

"Fuori le tette, fuori le tette, fuori le tette", gritaram os homens enquanto ela caminhava pelo estádio, nos bastidores da transmissão esportiva. Em italiano, a frase significa "mostre os seios".

A jornalista reagiu com ironia e fez sinal de negativo com a mão. Ela ainda deu risada da provocação dos torcedores e mandou um tchauzinho para a arquibancada.

Diletta Leotta trabalha na TV desde 2010, mas antes do jornalismo participou de concursos de beleza como o Miss Itália, em 2009.

Mais Violência contra a mulher