Topo

Personal trainer é preso após chutar e bater cabeça de namorada no chão

Câmeras de segurança de um condomínio filmaram toda a agressão - Reprodução/TV Anhanguera
Câmeras de segurança de um condomínio filmaram toda a agressão Imagem: Reprodução/TV Anhanguera

De Universa

18/09/2019 10h20

Um personal trainer foi preso em Goiânia (GO) após ser pego em flagrante agredindo a namorada. Imagens de câmeras de segurança obtidas pela TV Anhanguera mostram o momento em que o homem atinge a mulher com socos, chutes e bate sua cabeça diversas vezes contra o chão.

Nas imagens é possível ver a mulher descendo do carro e andando em direção a um condomínio. O homem então também desce do veículo e segue a mulher. Os dois conversam e andam novamente em direção ao carro. Nesse momento ele dá socos no rosto da namorada, que cai no chão, e em seguida disfere chutes contra sua cabeça, a segura pelo cabelo e bate sua cabeça no chão.

Logo aparece um homem armado - identificado como um policial civil - que rende o agressor. O personal tenta fugir, mas é detido por tentativa de homicídio, reportou a TV Anhanguera. O agressor foi identificado como Murilo Morais, de 33 anos.

Em seu depoimento à Polícia Civil, a veterinária, também de 33 anos, contou que foi agredida por Murilo quando eles iam para a Igreja. Segundo a televisão, testemunhas disseram na delegacia que o policial precisou atirar para cima para impedir o personal de fugir.

Ele foi levado em flagrante para a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) e preferiu permanecer em silêncio durante seu interrogatório. Durante audiência de custódia, o juiz Jesseir Coelho de Alcântara decidiu mantê-lo preso preventivamente devido a passagens anteriores pela polícia por ameaça e injúria. De acordo com o Jornal Anhanguera, a família já informou que vai pedir na Justiça para que Murilo responda em liberdade.

Mais Violência contra a mulher