Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor


Casa de família morta por seita de Charles Manson está à venda por R$ 7 mi

A casa que fica em Los Angeles pertenceu e Leno e Rosemary LaBianca, mortos em 1969 - Reprodução
A casa que fica em Los Angeles pertenceu e Leno e Rosemary LaBianca, mortos em 1969 Imagem: Reprodução

De Universa

21/07/2019 15h42

Muitas filmes já começaram com a mudança de uma família para uma casa mal-assombrada. Hollywood pode ter produzido muitos longas assim, mas parece não acreditar nesse tipo de enredo. De acordo com a revista "People", a mansão onde um casal foi morto pela Família Manson, seita de Charles Manson, está disponível para compra. Basta você desembolsar por volta de R$ 7,5 milhões.

O corretor de imóveis responsável pela venda disse que, apesar do passado aterrorizante, a casa tem vários interessados - Reprodução
O corretor de imóveis responsável pela venda disse que, apesar do passado aterrorizante, a casa tem vários interessados
Imagem: Reprodução

Localizada em Los Angeles e em estilo espanhol, a residência de dois quartos, um banheiro e um lavabo pertencia a Leno LaBianca e sua mulher, Rosemary, em 1969. O casal era dono de uma rede de supermercado e de uma botique e nada tinham a ver com Sharon Tate, mulher de Roman Polansky que, grávida, havia sido morta na noite anterior pela Família Manson. Eles eram apenas os pacíficos ex-vizinhos de um homem chamado Harold True, um conhecido da seita que já não morava mais naquele bairro.

A residência tem dois quartos e um banheiro; Desde 1969, ela já teve vários proprietários - Reprodução
A residência tem dois quartos e um banheiro; Desde 1969, ela já teve vários proprietários
Imagem: Reprodução

O livro "Manson: The Life and Times of Charles Manson" narra que o líder e seus seguidores entraram na casa por uma porta dos fundos que estava destrancada, acordou os moradores e disse que era apenas um roubo. Eles os amarraram e os esfaquearam dezenas de vezes. Porém, o detalhe mais marcante desse relato é o que os integrantes da seita teriam deixado um garfo fincado no estômago de Leno.

Apesar do passado um tanto aterrorizante e praticamente esquecido, a casa da rua Waverly já teve vários donos desde 1969 e a última venda foi em 1998. "Os atuais proprietários estão procurando um lugar menor para se aposentar", disse o corretor de imóveis Robert Giambalvo para o jornal "Los Angeles Times".

Na época dos assassinatos, Charles Manson conseguiu entrar na casa por uma porta dos fundos destrancada - Reprodução
Na época dos assassinatos, Charles Manson conseguiu entrar na casa por uma porta dos fundos destrancada
Imagem: Reprodução

O anúncio de venda da residência foi ao ar no dia 10 de julho, no site Redfin, apenas duas semanas antes da estreia do filme "Era Uma Vez em Hollywood", de Quentin Tarantino, que mostrará eventos sobre a morte de Sharon Tate. Segundo o corretor, há vários interessados em adquirir o imóvel. "É um lugar calmo e com um vista deslumbrante", falou.

Mais Pausa