PUBLICIDADE

Topo

Moda

Moda gestante e pós-parto não precisa ser sem graça; veja 8 dicas de estilo

Jacqueline Elise

Da Universa

29/05/2019 04h00

Uma das reclamações constantes de mulheres grávidas e no pós parto é de encontrar roupas que sejam práticas, confortáveis e bonitas. A Universa, então, procurou as consultoras de imagem e estilo Rita Heroína, Carol Caliman e Gisele Gaspar para pegar nove dicas para que se vestir durante a gestação e o puerpério não seja desconfortável nem sem graça:

Compre roupas dois números maiores

Nem sempre a arara de roupas de maternidade é atraente: "Acho que as marcas ainda precisam melhorar nesse departamento, ainda fazem coisas muito caretas para as grávidas", pensa Rita. Ela diz que é possível comprar roupas fora desse setor: o truque é comprar blusas e vestidos cerca de dois ou três número maiores que seu tamanho antes de engravidar, que podem ser aproveitadas depois --com a moda oversized.

No caso das calças, shorts e saias, Carol diz que é melhor não gastar muito com peças largas, porque não vão servir depois. Para reaproveitar no pós-parto, peças de baixo com elástico quebram o galho.

As peças e tecidos mais confortáveis de usar na gestação e no pós parto

Rita também aconselha checar a etiqueta das roupas: quanto maior a porcentagem de fibras naturais no tecido, melhor, pois a roupa não esquentará tanto e trará mais conforto: algodão, linho, malha, seda e lã costumam ser bem confortáveis. Já no pós parto, Carol afirma que roupas delicadas, clarinhas e sem estampa costumam ficar manchadas, especialmente porque a nova mãe precisa lidar com vazamentos de leite, por exemplo. Para disfarçar, prefira tecidos que podem não ser muito sofisticados, mas são fáceis de lavar, como viscose e poliéster. Blusas e vestidos com decote em V também facilitam a amamentação.

Não precisa refazer o guarda-roupa: reaproveite!

Engravidar não significa que você precisa esquecer suas roupas antigas em um canto por nove meses. As especialistas ressaltam que muitas peças podem ser usadas como "terceiro elemento": jaquetas e blazers completam o visual e chamam a atenção; as camisas de botão podem ser usadas abertas como um colete, amarradas na cintura ou presas com um nó.

Estampas gráficas modernizam o visual

Estar grávida não precisa ser sinônimo de só usar roupas florais e românticas: vestidos com estampas gráficas, coloridas e formas assimétricas quebram a monotonia e criam looks diferentes e divertidos.

No pós-parto, encontre o meio termo: nem apertado, nem largo demais

No pós-parto, a barriga não desinchou, mas também não está tão alta. Para driblar isso, Rita recomenda que a mulher não invista em roupas muito justas, que podem ser desconfortáveis, ou largas demais, pois este período não significa que a mulher precisa se esconder. Calças retas, que acompanham a silhueta, e blusas mais soltas unem o conforto ao estilo.

Sapatos com abertura em V aliviam inchaço dos pés

Uma das características principais da gravidez é o inchaço nos pés, o que torna usar sapatos algo bem desconfortável. Para aliviar, Rita aconselha que as gestantes e mamães aproveitem a moda das sapatilhas e dos mules (aquelas sapatilhas que são abertas no calcanhar) com decote em V no peito do pé, que não apertam e modernizam o visual.

Carol e Gisele também ressaltam que o tênis é o melhor amigo da grávida: hoje, o mercado conta com diversas opções sem cadarço, os slippers, que ajudam as gestantes na hora de calçá-los, uma vez que abaixar para por o sapato fica mais difícil com o passar da gravidez. Nem só com salto se compõe um visual bonito!

Look esportivo não precisa ser básico

Com tantas opções novas no mercado, o visual esportivo, conhecido por seu conforto, também pode ser aliado da mulher grávida ou após o nascimento do bebê: use cores extravagantes e calças mais largas na perna e com elástico na cintura, conforme dica da Gisele.

Acessórios durante e após a gestação transformam o look

Tem medo de parecer muito básica com o look gestante? Invista nos maxi colares e brincos, que tranformam até mesmo o vestido de malha mais simples em algo chique. Acessórios coloridos também deixam o visual mais elaborado.

No pós parto, com a chegada do bebê, fica difícil usar acessórios exagerados. Por isso, as especialistas indicam caprichar no cabelo: um belo rabo de cavalo ou penteado pode ser o melhor acessório.

Moda