Topo

SPFW

Desumanidade? SPFW é criticada por continuar desfile após morte de modelo

Josué Lima
Imagem: Josué Lima

Da Universa

29/04/2019 11h51

A cena do desmaio e morte do modelo Tales Cotta durante um desfile na São Paulo Fashion Week chocou quem acompanhava o evento de moda. No entanto, muitos ficaram ainda mais surpresos com o prosseguimento não só da apresentação da grife Okcsa, como do evento em si.

Para muitos usuários das redes sociais e frequentadores da semana de moda, seguir a semana de moda mesmo após a fatalidade foi um gesto de desumanidade. Veja alguns dos tweets que criticaram a organização do evento, que apenas publicou uma nota de pesar:

Quem estava lá

Protestos aconteceram até mesmo na passarela, com a fala de Rico Dalasam durante o desfile da Cavalera - que encerrou o evento neste sábado (27). "O garoto acabou de morrer e vocês estão aqui. Como se a vida não valesse nada, não era para ninguém estar aqui. Enquanto os ricos não lamentarem a morte dos negros, dos brancos e da humanidade das pessoas, a agonia vai estar no travesseiro de todo mundo."

A atitude da organização também chocou quem trabalhava na semana de moda, na cobertura:

Estou sem reação até agora com o que presenciei: o modelo Tales Cotta não sobreviveu a uma queda no desfile da @ocksaofficial ontem no @spfw. Até o momento não se sabe a causa da morte e nem o motivo exato da queda: se foi um mal súbito (e que mal seria esse), se foram os calçados (cheios de amarrações soltas) ou os dois. O fato é que o modelo teve um choque violento com a cabeça no chão, teve convulsões, aparentemente, e ficou desacordado por alguns minutos na passarela. Minutos que, quando você está ali, como eu estava, parecem uma eternidade. Fiquei desesperado. Uma pessoa gritou pelos bombeiros, eu gritei pedindo um médico para socorrê-lo. Alguns foram até Tales e, algum tempo depois, um bombeiro chegou, seguido pelos demais - mas, pelo que eu vi (e adoraria estar errado) não havia nenhum médico. Moveram Tales para uma maca e o retiraram da sala. Meu desespero só diminuiu quando me garantiram ele estava vivo. Fiquei imóvel, completamente transtornado com a cena toda, e então, para minha surpresa o show continuou, sem aviso prévio. Quando vi que haviam recomeçado desde o primeiro look e que haveria um registro do desfile sem a presença de Tales fiquei muito angustiado e quis sair da sala. Mas fiquei - o desfile já acontecia e eu não queria tumultuar mais aquele momento: eu teria que cruzar a passarela para deixar a sala. Esperei que, ao menos, houvesse um parecer da marca ou de algum dos responsáveis pela organização do desfile sobre o estado de Tales ao final da apresentação. Não foi o que aconteceu: entraram na passarela estilista, diretora e stylist para as pouquíssimas palmas que receberiam e o desfile terminou. O show precisa continuar a qualquer custo, certo? Errado. Se há uma vida humana em perigo (e foi o que me pareceu na hora) todos os esforços deveriam ser para salvá-la, e não para continuar o evento a qualquer custo. É hora de repensarmos nossos valores - como profissionais da moda e sobretudo como humanos - e entendermos de uma vez por toda que nenhum desfile, nenhuma imagem perfeita, nenhum sonho criativo realizado vale mais do que a vida (ou segurança) humana. Nunca. Meus sentimentos profundos à família, colegas e amigos de Tales Cotta #luto

Uma publicação compartilhada por Franco Pellegrino (@franco_pellegrino) em

Mais modelos e mesmo a própria marca contaram nas redes sociais que a orientação foi continuar:

Agora eu vou falar sobre isso que eu ja sofri o bastante aqui de ontem pra hoje principalmente tendo que ler tanta besteira de quem não estava no momento e o achismo alheio. Eu fui convidada pela @ocksaofficial para desfilar e eu ja havia desfilado pra eles na CDC e até então eu não sabia que iria abrir o desfile e eu fiquei bem feliz no momento pois, eu nunca abrir desfile e era minha primeira temporada. toda a equipe ocksä são pessoas muito boas que realmente se preocupa e se preocupou com o Talles! Nossos rostos não mentem! A produção do spfw no momento em que ele caiu e levaram ele, eles nos tranquilizaram lá atrás e disseram q ele ia ficar bem e q so teve um desmaio e tava sendo cuidado e a gente tava muito nervoso lá principalmente a equipe ocksa que a principio tds nos pensamos q foi por conta do sapato e a ocksa queria cortar tudo que pudesse causar queda nos outros modelos para q não ocorresse novamente e a produção do spfw disse q ele não tropessou e falou pra a gente recomeçar quase nos obrigando na verdade. e eu tive q reabrir com essa cara que não mente o q eu tava sentindo e o que todos os modelos estavam sentindo no momento a preocupação e angústia. E finalizo que se a produção do spfw não tivesse dito q tava tudo bem nada seria continuado porq ate mesmo a equipe ocksa tinha muita gente chorando e preocupada com o Talles. E o talles comeu e se alimentou muito bem antes de entrar eu vi ele comendo eu vi que ele aparentemente estava bem. Parem de colocar o achismo de vcs e divulgar informações falsas sobre o ocorrido que ninguem ali tinha o coração de pedra e está todo mundo muito mal e muito triste como tudo foi seguido e fomos iludidos de que tava tudo bem ( nós modelos e a equipe ocksa). E o show continuou como se nada tivesse acontecido. Minha solidariedade a todos e espero que tudo fique bem. E que vcs que não estavam lá respeitem o Talles e parem de compartilhar fake news por favor.

Uma publicação compartilhada por Eduarda vieira (@aeduardavieira) em

SPFW