Topo

Ela largou o emprego, investiu em seu blog e fatura R$ 4 mi com cosméticos

Bruna Tavares, 32, é uma jornalista e blogueira que fez sucesso com linha de batons - Arquivo Pessoal
Bruna Tavares, 32, é uma jornalista e blogueira que fez sucesso com linha de batons Imagem: Arquivo Pessoal

Jacqueline Elise

Da Universa

10/12/2018 04h00

A jornalista e empresária Bruna Tavares, de 32 anos, não imaginava o rumo que sua carreira ia tomar. Ela, que se tornou mãe ainda na faculdade de Jornalismo, trabalhava como vendedora de sapatos em um shopping de Campinas, onde nasceu e vive até hoje, e não tinha um portfólio como repórter para seguir na profissão na qual se formou, em 2009.

Após tirar o diploma, ela teve a ideia de criar um blog para que pudesse produzir seus textos e, assim, ingressar no mercado de trabalho. Escolheu falar sobre moda e assim nasceu o "Pausa para Feminices", que foi sua porta de entrada no mundo editorial. Em 2010, o site foi anexado ao blog "Modices".

Veja também:

"Sempre morei em Campinas e pegava fretado para ir da minha cidade a São Paulo trabalhar. Era muito corrido: pegava o ônibus às 5h, ia trabalhar e chegava de volta em Campinas às 20h", relembra. Como chegava mais cedo na redação, usava o tempo antes do expediente para cuidar do blog. Com o aumento dos acessos, ela foi convidada pela marca de cosméticos Tracta, em 2011, para criar um batom com o nome "Pausa para Feminices", que foi um sucesso de vendas on-line e alavancou os acessos ao blog.

Depois do batom, Bruna lançou mais itens de cosméticos até que, em 2016, veio a chance de abraçar o varejo. A Linha Bruna Tavares, composta por batons e, agora, com mais itens de maquiagem como base, corretivo, blush e iluminador, passou a ser vendida em lojas de departamento e agora é distribuída também pela gigante francesa de cosméticos Sephora. Bruna não revela quanto tira de comissão com suas maquiagens, mas afirma que o faturamento mensal da linha fica entre R$ 2 milhões e R$ 4 milhões.

Usando seu batom como cartão de visitas

Quando lançou o primeiro batom com o nome do blog, Bruna abdicou da comissão em dinheiro com as vendas do item. "Como eu ainda estava trabalhando em redação, combinei com a Tracta que eles não precisavam me pagar a comissão, que eles poderiam revertê-la em mais batons para mim", explica.

"Se eu vendia 100 batons em uma semana, a comissão era revertida em cinco batons para mim. Eu pegava esses batons, mandava para outras blogueiras e jornalistas e fiz dele meu presskit e o presskit do meu blog. Foi todo um investimento. Uma conta básica: o lote era de 2.000 batons, para cada um eu ganhava R$ 4 em comissão. Como eu reverti em mais batons, foram R$ 8.000 em batons, mais cerca de R$ 2.000 do custo dos correios, que saíam do meu bolso".

A tática, arriscada, deu certo: Flávia Rocha, diretora de marketing da Farmaervas (grupo que comanda a Tracta), ligou para Bruna e a incentivou a continuar com a estratégia de divulgação. Os acessos ao blog também dispararam: de 5 mil acessos diários pularam para 30 mil por dia, segundo Bruna.

Largando as redações para viver da marca

Em 2014, a jornalista recebeu uma proposta para subir de cargo na revista na qual trabalhava, mas teria que deixar o blog de lado. Como seu site estava crescendo, Bruna decidiu sair do emprego de carteira assinada e viver do blog e de trabalhos como freelancer, por garantia. "Com esse tempo 'livre' que eu tinha para me dedicar ao blog a coisa fluiu muito mais. Comecei a produzir mais conteúdo, investi mais nas redes sociais do site".

Bruna Tavares posa com o batom que leva seu nome - Arquivo Pessoal
Bruna Tavares posa com o batom que leva seu nome
Imagem: Arquivo Pessoal

Não só o investimento no PPF deu resultados, como a linha "Pausa para Feminices" também estava vendendo como água. Um dos batons mais famosos, batizado de "Hermione", foi um sucesso e chegou a ser eleito o Batom Tendência do Ano em 2016 pela revista "Cosmopolitan".

Do online às lojas físicas

Mesmo com os frutos que o "Pausa para Feminices" lhe rendia, Bruna queria sair do universo on-line para conquistar o varejo com sua marca. Ela não conseguiria fazer isso com o PPF, mas logo surgiu a oportunidade de ter uma linha de maquiagem com seu próprio nome para que conquistasse este mercado.

"Eu pensei que este pudesse ser meu 'pulo do gato', porque quando eu saí da redação eu ainda tinha muita insegurança na minha carreira, em ficar só nas vendas pela internet, mesmo com minhas raízes fortes, com o sucesso do blog. E eu não queria usar meu nome, mas a Tracta insistiu e eu topei. Em 2016 foi lançada a linha 'Bruna Tavares by Tracta', o que foi muito importante para a inserção da marca nas lojas físicas. Depois de um ano, a marca ficou mais independente e não precisava mais usar o nome da Tracta, porque conseguiu andar com as próprias pernas", diz.

Bruna inseriu sua marca, composta por batons que homenageavam mulheres e blogueiras que foram importantes em sua vida, nas lojas de departamento e rapidamente se viu ampliando a linha: agora, ela também possui produtos para a pele (base, corretivo, blush, iluminadores) e olhos. Hoje, o batom vermelho que leva seu nome é o item mais vendido de todas as suas linhas.

Bruna posa com réplicas gigantes de seus cosméticos no lançamento da marca para a Sephora - Arquivo Pessoal
Bruna posa com réplicas gigantes de seus cosméticos no lançamento da marca para a Sephora
Imagem: Arquivo Pessoal

Para ela, o segredo é criar produtos com qualidade de maquiagens estrangeiras, mas com preço acessível para a consumidora brasileira. "Eu quero conquistar um público que consome maquiagem importada, mas que quer economizar. E ao invés de comprar um batom de R$150, eles compram o meu de R$35 que tem a mesma qualidade. Eu libero um produto quando eu começo a usar mais ele do que os importados que eu tenho na minha coleção pessoal, e não uso meu produto só por divulgação", conta.

Em 2018, a linha Bruna Tavares passou a ser vendida pela Sephora, loja que reúne as marcas internacionais e nacionais mais importantes no mercado de beleza. "Eles disseram que ela vendeu seis vezes mais do que estavam esperando e ela tem potencial para entrar no mercado internacional".

E Bruna já tem planos de expansão para o ano que vem. Ela conta com exclusividade à Universa que está produzindo uma paleta de sombras, que será lançada em meados de fevereiro. "A paleta será um ponto de virada da minha marca, porque ela está sendo produzida nos Estados Unidos na mesma fábrica que faz os produtos da Anastasia Beverly Hills [marca norte-americana de maquiagem conhecida por suas sombras de boa qualidade], mas com um preço mais em conta para consumidora daqui".

Mapa da mina