PUBLICIDADE

Topo

Moda

Globo de Ouro: Revelado o pin da campanha "Time's Up", o acessório da noite

O pin da campanha Time"s Up se tornará símbolo da manifestação das atrizes contra o assédio  - Divulgação
O pin da campanha Time's Up se tornará símbolo da manifestação das atrizes contra o assédio Imagem: Divulgação

do UOL, em São Paulo

05/01/2018 11h01

"Time's Up". O tempo dos assediadores acabou em Hollywood — é o recado que as principais atrizes, roteiristas, produtoras, diretoras e outras profissionais da indústria do cinema que devem pisar no tapete vermelho do Globo de Ouro querem mandar para o mundo inteiro. 

Veja também

Ainda não se sabe muito sobre a campanha que será lançada no dia da premiação — ou como ela deve se estender para além da ação de mídia que deve trazer as mulheres ao evento vestindo preto —, mas foi divulgado nesta quinta, 4, o principal acessório da noite: o pin (ou broche) do movimento.

A figurinista Arianne Phillips - Getty Images - Getty Images
A figurinista Arianne Phillips
Imagem: Getty Images

A atriz Reese Witherspoon, uma das líderes da iniciativa, pediu à figurinista Arianne Phillips, de "Kingsman e "Animais Noturnos", que elaborasse o design do pin durante uma reunião no último mês que teria envolvido chefes de estúdios produtores, agentes e atrizes para discutir medidas a serem tomadas para combater o assédio e divulgar a "Time's Up".

"Reese me pediu que eu viesse ao grupo dos atores e me disse que elas usariam preto e que eu deveria considerar a possibilidade de criar o pin para os indicados e para os apresentadores do sexo masculino. Nós estávamos próximos às festas, mas eu liguei para meu parceiro [o joalheiro de Los Angeles] Michael Schmidt", disse Arianne ao "The Hollywood Reporter". 

A dupla então desenvolveu o logo da campanha e começou a produção do acessório. Arianne, desde então, assumiu outro papel dentro do projeto: ela tem feito ponte com a indústria da moda e convidado estilistas e marcas a doarem para o fundo de apoio às vítimas, que deve arrecadar dinheiro para cobrir as despesas legais de quem está acionando a justiça contra seus agressores.

Esta, aliás, uma das poucas ações já divulgadas da campanha, está também aberta a participação do público — que pode doar através da vaquinha virtual no site GoFundMe.

Não é a primeira vez que as estrelas fazem algum tipo de posicionamento usando este recurso: no último ano, o pin da ACLU (American Civil Liberties Union) foi usado por diversas atrizes e modelos para discutir os direitos sociais que estavam em jogo com a possível eleição de Donald Trump. 

Moda