PUBLICIDADE
Topo

Snapchat para de promover conta de Trump por "incitar violência"

Donald Trump tem feito posts inflamados sobre protestos contra racismo nos EUA -
Donald Trump tem feito posts inflamados sobre protestos contra racismo nos EUA

03/06/2020 17h07

A Snap afirmou que não vai mais promover a conta do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na seção Discover do serviço, uma vez que seus comentários inflamados da semana passada tornaram a conta incompatível para a seção voltada à exploração de novos conteúdos pelos usuários.

"Não vamos amplificar vozes que incitem violência racial e injustiça dando a elas promoção gratuita na seção Discover", afirmou a empresa, dona do popular aplicativo Snapchat.

"Violência racial e injustiça não têm lugar em nossa sociedade e estamos juntos de todos aqueles que buscam paz, amor, igualdade e justiça nos Estados Unidos."

A conta de Trump no Snapchat, que consiste em sua maioria de conteúdo de campanha política e não possui a retórica informal que ele usa regularmente no Twitter, continuará pública e acessível para as pessoas acompanharem, afirmou a Snap.

O presidente-executivo da Snap, Evan Spiegel, afirmou a funcionários no domingo que a seção Discover é uma "plataforma com curadoria, onde nós decidimos o que promovemos".

(Por Katie Paul)