PUBLICIDADE
Topo

Quase uma TV: Amazon lança Echo Show 15 com tela 'gigante' e Alexa

Divulgação/Amazon
Imagem: Divulgação/Amazon

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt, em São Paulo

28/09/2021 18h50

Um quadro de avisos, um porta-retratos, uma televisão, uma caixa de som inteligente: o Echo Show 15, novo dispositivo com a assistente virtual Alexa, quer ser tudo isso e muito mais. Anunciado mundialmente hoje (28), é o maior Echo já lançado pela Amazon, com tela de 15,6 polegadas (40 centímetros).

Tamanho é documento? Neste caso, sim. A ideia é que o Echo Show 15 — pendurado na parede ou colocado sobre um móvel, com apoio de uma base vendida separadamente — seja parte integrante do dia a dia de uma casa, ajudando a organizar a vida.

Com resolução Full HD de 1.080 pixels, o dispositivo pode ser instalado na orientação vertical ou horizontal, de acordo com o ambiente. Sua interface pode ser personalizada para cada morador da casa — por meio da câmera e do processador AZ2 Neural Edge, o Echo Show 15 identifica quem está à sua frente ou falando.

Assim, cada um recebe conteúdo personalizado em sua própria tela inicial; é possível inclusive deixar recados específicos para uma pessoa da família, que só poderão ser vistos por ela. Também dá para filtrar o que as crianças podem ou não ver.

Além dos lembretes ("sticky notes"), há opção de exibir listas de tarefas e de compras, funções de calendário, músicas tocadas recentemente, fotos do Facebook, notícias e outros widgets. Também há suporte para apps de streaming de filmes e entretenimento, como Prime Video e Netflix, além dos ebooks da biblioteca Kindle.

Como não poderia deixar de ser, o Echo Show 15 também reúne todas as funções de casa inteligente, acionadas com um toque na tela ou por voz, através da assistente Alexa: controle de luzes, câmeras, interruptores, campainhas, babá eletrônica e outros gadgets. De acordo com a empresa, ele pode ser o "coração digital da casa".

Privacidade

Para quem não confia em mais um produto da Amazon "ouvindo" tudo o que as pessoas na casa estão dizendo, a Amazon introduziu alguns recursos de controle de privacidade, além do controle parental.

O reconhecimento facial, por exemplo, é opcional, vem desativado por padrão, e é realizado totalmente dentro do dispositivo, sem passar pela nuvem, graças ao poder computacional do processador Amlogic PopCornA (Amazon AZ2 Neural Edge), um chip octa-core com atributos de aprendizagem de máquina.

O seu perfil de reconhecimento facial pode ser excluído da função a qualquer momento. Além disso, há controles de microfone e câmera, opção de visualizar e excluir suas gravações de voz, e uma tampa física embutida para cobrir a câmera.

O Echo Show 15 será vendido no Brasil por R$ 1.899 (sem a base de suporte), em até 12 vezes sem juros, ainda sem data para início; nos Estados Unidos, foi lançado por US$ 249,99.