PUBLICIDADE
Topo

Me ajuda, quais cuidados ter ao comprar cabos e adaptadores para iPhone?

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Thaime Lopes

Colaboração para Tilt

09/04/2021 04h00

O cabo do iPhone quebrou, ou você pagou uma grana por um celular novo da linha 12 sem adaptador para tomada. O que fazer? Nas duas situações, o acessório compatível e baratinho no comércio informal pode parecer a solução. Mas é bom pensar muito bem antes de adquirir o produto, pois pode ser dinheiro perdido.

A Apple aconselha a quem tem smartphones, MacBooks e gadgets da marca a comprar apenas acessórios produzidos ou certificados por ela. O barato pode sair muito caro para o seu bolso, já que cabos e carregadores falsos podem provocar acidentes, inclusive incêndios.

Fuja de preços duvidosos

Não adianta: iPhones e produtos Apple são caros. Encontrou um novo carregador por um preço extremamente baixo? Duvide de sua procedência.

Há diversos fabricantes certificados pela Apple que vendem produtos homologados por preços mais baixos que os da empresa, mas dificilmente você encontrará um produto verdadeiro por um preço extremamente mais baixo.

Isso acontece porque a Apple cobra uma taxa para que outras fabricantes de acessórios consigam usar seu selo da certificação, chamado de MFi (Made for iPhone ou Feito Para iPhone, na tradução livre).

Por causa disso, produtos de fato homologados pela Apple nunca serão muito mais baratos que os oficiais. Então, resumindo: cuidado com o que é barato demais.

Procure pelo selo MFi

Antes de dar a certificação oficial para determinada empresa, a Apple licencia sua tecnologia para que os produtos sejam feitos com as especificações técnicas, componentes de hardware e ferramentas certificadas.

As empresas que se interessam em produzir produtos autorizados pela Apple precisam passar por um rigoroso processo seletivo, que vai desde o plano de produção até a certificação e, por fim, a produção em massa daquele acessório.

Esse programa foi criado para facilitar a vida do consumidor, já que existem cerca de 1,5 bilhão de iPhones pelo mundo. Imagina só que difícil seria se só pudéssemos comprar só os acessórios da Apple?

Atualmente a certificação MFi pode ser encontrada para acessórios do iPhone, iPad, iPod e Apple Watch. O selo garante que aquele produto não vai danificar seu aparelho.

Selo MFI - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Como identificar cabos e adaptadores falsificados

A gente sabe que a tentação é grande: há muitos acessórios por aí superlegais, coloridos, com preço bacana, mas que não possuem o selo MFi.

Segundo a própria Apple, qualquer produto falsificado ou não certificado pode:

  • Danificar o seu aparelho iOS;
  • Danificar o cabo do seu aparelho iOS;
  • Fazer com que a extremidade do conector caia, esquente demais ou não se encaixe corretamente no aparelho;
  • Pode não sincronizar ou carregar o seu aparelho (fazendo você gastar dinheiro à toda).

Para identificar produtos piratas, a Apple criou um guia que inclui avaliar a peça dos cabos Lightning (os usados para carregar os iPhones). A principal dica dada pela empresa é verificar se o cabo USB vem com as indicações "Designed by Apple in California" e "Assembled in China", "Assembled in Vietnam" ou "Indústria Brasileira" a aproximadamente 18 cm do conector. Há um número de série de 12 dígitos no final do texto.

Cabo USB da Apple - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Além disso, os conectores dos cabos (que ficam nas extremidades opostas) e as gravações a laser também podem revelar se o acessório é fake. Observe as principais diferenças entre eles:

O que observar no adaptador para Lightning - Arte/UOL - Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL
O que observar no USB para Lightning - Arte/UOL - Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL
O que observar no conector do cabo Lightning - Arte/UOL - Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL