PUBLICIDADE
Topo

App


Até Musk cantou! Saiba como usar o Wombo, app que cria dublagens dançantes

O rosto do bilionário Elon Musk aparece no site da plataforma - Reprodução
O rosto do bilionário Elon Musk aparece no site da plataforma Imagem: Reprodução

Rosália Vasconcelos

Colaboração para Tilt

25/03/2021 04h00

Depois do Face App, o novo viral das redes sociais tem nome e sobrenome: Wombo AI (em referência ao termo inteligência artificial em inglês). A razão do sucesso é simples: o aplicativo é gratuito e de fácil operação e permite criar dublagens engraçadas e dançantes de pessoas comuns e celebridades.

Parecido com o que o Deep Nostalgia faz (outra plataforma que caiu no gosto da internet), o Wombo AI também anima uma imagem estática fazendo com que os olhos, a boca e até o corpo da pessoa retratada na foto se mova em um vídeo curto, simulando os movimentos humanos de uma forma muito realista e fazendo sincronia labial de uma música.

Em um mês desde o lançamento, foram mais de 10 milhões de downloads e diversos memes criados pelos internautas, envolvendo figuras polêmicas, como Donald Trump, Kim Jong-Un e Xi Jinping ou mesmo obras de arte, como a "foto dançante" da Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, e o retrato de Van Gogh. O bilionário Elon Musk, dono da Tesla, é o "garoto propaganda" do app.

Para conseguir dar vida às fotos, os desenvolvedores gravaram uma série de vídeos sincronizados com artistas ao vivo em estúdio, quando foram mapeadas imagens para a sincronização facial.

O Wombo pode ser baixado gratuitamente no Android ou iOS. A versão premium do app custa entre U$ 4,49 dólares por mês ou U$ 29,99 por ano (R$ 24 ou R$ 164, respectivamente, na cotação de hoje), e oferece um processamento mais rápido dos vídeos e sem anúncios.

Quem paga pelo Wombo AI, no entanto, não tem acesso a uma quantidade maior de músicas em comparação à versão gratuita do app. Existem atualmente 29 faixas diferentes, desde "YMCA", do Village People, até clássicos da internet, como "Dragostea Din Tei" -ou "Numa Numa", como é mais conhecida. Segundo os desenvolvedores, essa playlist é atualizada constantemente.

Mas antes de ensinar como usar o aplicativo, é importante ressaltar que, embora a política de privacidade do aplicativo frise que os dados faciais são excluídos do servidor imediatamente após o uso, na prática os dados são retransmitidos para a Amazon Web Services para a criação de animações, e para a plataforma analítica Amplitude, que estuda o comportamento das pessoas no aplicativo.

Portanto, se você não quer os seus dados biométricos circulando por aí, é melhor pensar duas vezes antes de usar a plataforma.

Como usar o Wombo AI

1 - Faça download gratuito na Play Store (se seu celular usar o sistema Android) ou App Store (se você tiver um iPhone);

2 - Clique no botão Let's Go!

Wombo AI - 1 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

3 - Permita que o app acesse sua câmera e a galeria de fotos;

4 - Faça uma selfie ou escolha uma imagem da galeria para fazer o upload. Aqui a dica é optar por imagens mais tridimensionais e menos planas. Um leve sorriso sem aparecer muito os dentes também parece melhorar a performance dos vídeos;

Wombo AI - 2 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

5 - Após selecionar a foto, é a vez de escolher a música. Aperte a tecla verde e irá aparecer uma lista com as canções.

Wombo AI - 3 - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

6 - É possível ouvir o som antes de escolher a música da animação. Após selecionar a canção, aperte novamente o botão verde W;

7 - Há um pequeno tempo de processamento, pois a imagem estática será enviada ao servidor, processada pela IA e devolvido ao smartphone como vídeo;

8 - É possível baixar o vídeo na galeria do celular (tecla Save), compartilhar (Sent WOMBO to friend) ou refazer (Again).

Wombo AI - 4  - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução