PUBLICIDADE
Topo

O que você precisa saber sobre portabilidade do seu número de telefone fixo

Antes de migrar de operadora de telefonia fixa, o consumidor deve avaliar se a oferta nova encaixa-se no seu perfil - iStock
Antes de migrar de operadora de telefonia fixa, o consumidor deve avaliar se a oferta nova encaixa-se no seu perfil Imagem: iStock

Lucas Santana

Colaboração para Tilt

15/03/2021 04h00Atualizada em 23/03/2021 11h41

É provável que o seu telefone fixo esteja juntando poeira em algum canto da sua casa, mas no trabalho eles ainda são bem usados. Alguns inclusive podem ter preços de assinatura bem salgados, por isso vale fazer uma pesquisa por planos melhores. Caso decida mudar de operadora, saiba que é possível fazer a portabilidade do fixo, assim como acontece no celular. Ou seja, você pode manter seu número de telefone de longa data.

Vale ressaltar que só dá para fazer migração de fixo para fixo; não rola de fixo para móvel e vice-versa.

Quando fazer a portabilidade?

  • Quando você é assinante de um serviço que inclui telefonia fixa e quer trocar de operadora por planos melhores e mais vantajosos;
  • Quando você se muda de casa e precisa alterar o endereço do seu telefone fixo;
  • Quando você quer trocar os serviços oferecidos pela mesma operadora;

Sites como o Melhor Plano e o Minha Conexão auxiliam os consumidores a escolher novos planos de telefonia fixa.

A profusão de planos que combinam a oferta das ligações com internet, celular e TV por assinatura colabora para isso. Antes de migrar, avalie se a oferta nova encaixa-se no seu perfil. Em um pacote básico, por exemplo, a internet pode ter velocidade satisfatória, mas a oferta do telefone fixo não.

Como fazer a portabilidade do seu número fixo?

Se você quiser fazer a portabilidade do seu número fixo deve entrar em contato com a sua nova operadora ou com a atual operadora, caso deseje apenas informar sobre troca de endereço ou serviço.

A operadora deve pedir alguns dados, como:

  • Nome do titular
  • Informações sobre documentos como RG, CPF ou CNPJ para pessoas jurídicas
  • Número de telefone fixo atual
  • Informações sobre sua operadora atual

Com essas informações a sua operadora deve fazer o processo automaticamente e sua nova linha com o número que você já possui será configurada. A Anatel estabelece prazo máximo de 3 dias úteis para que a empresa faça a portabilidade. Anote bem o protocolo de atendimento caso precise requisitar informações à sua operadora.

Operadoras podem se negar a fazer portabilidade?

Em alguns casos específicos, sim. Aqui vão alguns exemplos:

  • Se o número que você requisitou já está em uso em outra linha fixa
  • Em caso de mudança de região --a portabilidade só vale dentro da mesma área local (município).
  • Se o número solicitado for de uso público

Atenção aos detalhes do seu contrato atual

Se você vai mudar de operadora, mas quer manter o seu número, é importante saber se o período de fidelidade do seu contrato ainda está vigente. Dependendo do contrato as operadoras podem cobrar uma multa de rescisão. As empresas costumam estabelecer 12 meses de fidelidade antes que você possa mudar de operadora sem nenhum custo adicional.

Em alguns casos, as operadoras podem cobrar valores pequenos para realizar a portabilidade —em torno de R$ 4,00.

É bom lembrar que caso você tenha iniciado o processo de portabilidade e queira desistir, tem até 2 dias úteis para comunicar a operadora.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado, a portabilidade só vale dentro da mesma área local (município). Anteriormente, o texto dizia que valia para cidades com o mesmo DDD. O erro foi corrigido