PUBLICIDADE
Topo

Uber agora exige selfie de passageiros para checar se estão de máscara

Ferramenta de reconhecimento facial para máscaras da Uber, agora também para passageiros - Reprodução/YouTube Uber
Ferramenta de reconhecimento facial para máscaras da Uber, agora também para passageiros Imagem: Reprodução/YouTube Uber

Bárbara Therrie

Colaboração para Tilt

01/09/2020 12h54

Os passageiros do Uber, que já eram obrigados desde maio a usar máscaras para evitar a propagação do coronavírus, agora terão que provar isso fazendo uma selfie quando solicitados. O anúncio foi feito pela Uber nesta terça-feira (1º). Também desde maio, os motoristas da Ubertinham que passar por isso.

O recurso será lançado primeiro nos Estados Unidos e no Canadá no final de setembro. A novidade deve chegar à América Latina e em outros países nas semanas seguintes, segundo o blog da empresa em inglês. Uma tecnologia de reconhecimento facial se encarrega da checagem.

O passageiro não terá que tirar uma selfie antes de cada viagem: apenas quando o motorista reportar que ele não está usando a máscara. Dessa forma, terá que tirar uma selfie com a proteção facial antes da próxima viagem. Se ambos não estiverem usando a máscara, a corrida não poderá ser feita. Este vídeo explica (em inglês) como funciona.

A covid-19 já infectou mais de 25 milhões de pessoas e matou quase 850 mil em todo o mundo até esta terça. "Acreditamos firmemente que a responsabilidade é uma via de mão dupla. É por isso que estamos expandindo a mesma tecnologia para os passageiros também", escreveu Sachin Kansal, chefe global de produtos de segurança da Uber.

Desde a pandemia do novo coronavírus, a empresa tem trazido medidas para tornar as viagens mais seguras. Antes de cada corrida, motoristas e passageiros devem concordar com uma lista de verificações, que inclui:

  • Certificar-se de que não apresentam sintomas da covid;
  • Usar máscaras ou alguma proteção no rosto. A viagem poderá ser cancelada sem penalidade se uma das partes não estiver com a cobertura;
  • O passageiro deverá sentar no banco de trás;
  • As janelas devem ser mantidas abertas quando possível;
  • Além disso, as mãos devem ser higienizadas com álcool em gel com frequência e os veículos devem estar sempre limpos.

Segundo a Uber, sua tecnologia de verificação de máscara fez mais de 100 milhões de checagens em mais de 3,5 milhões de motoristas e passageiros desde que a empresa lançou o recurso, há pouco mais de três meses. A Uber afirma que a tecnologia foi projetada para detectar a máscara como um objeto na foto e que não processa informações biométricas sobre as pessoas.

Errata: o texto foi atualizado
Uma primeira versão do texto dizia que a recomendação da Uber era que as janelas do carro fossem mantidas fechadas quando possível, quando, na verdade, a informação correta é o contrário. O erro foi corrigido.