PUBLICIDADE
Topo

Instagram guardou por mais de um ano fotos e mensagens apagadas de usuários

Instagram guardou conteúdos por mais de um ano em falha encontrada por pesquisador - Getty Images
Instagram guardou conteúdos por mais de um ano em falha encontrada por pesquisador Imagem: Getty Images

Marcos Bonfim

Colaboração para Tilt

15/08/2020 10h11

Sem tempo, irmão

  • Pesquisador descobre bug em recurso que permite a usuários salvar conteúdos
  • Com erro, fotos e mensagens deletadas continuavam nos servidores da ferramenta
  • Bug foi corrigido e pesquisador recebeu uma recompensa de US$ 6.000

Quando você apaga fotos ou mensagens privadas no Instagram, a expectativa é de que conteúdo seja excluído e que não fique disponível nos servidores da plataforma. Pelo menos, por não mais do que 90 dias, que é o período que a ferramenta afirma levar para deletar todos os dados.

O pesquisador de segurança independente Saugat Pokharel, no entanto, percebeu que não era isso o que estava acontecendo. Quando resolveu baixar os seus dados, a partir do recurso "Download Your Information", recurso criado pelo Instagram em 2018 para atender às demandas da GDPR, lei de proteção de dados europeia, apareceram fotos e mensagens privadas trocadas com outros usuários e que ele há havia apagado há mais de um ano.

Diante da descoberta, o profissional comunicou a falha à plataforma por meio de um programa de recompensa para descoberta de erros em outubro de 2019. E, no começo deste mês, o bug foi corrigido, segundo afirmou ao Techcrunch.

Pela informação, o pesquisador recebeu uma recompensa no valor de US$ 6.000. Em nota, o Instagram informou que o problema foi corrigido e que a companhia não encontrou "nenhuma evidência de abuso" em decorrência da falha.

Há mais de um ano, situação muito similar ocorreu com o Twitter. Na ocasião, descobriram que era possível o acesso a mensagens privadas deletadas há muito tempo, mesmo àquelas trocadas com usuários que não estavam mais na plataforma.