PUBLICIDADE
Topo

Por que o bilionário Warren Buffett trocou seu celular flip por um iPhone?

Warren Buffett era famoso por usar um antigo celular no estilo flip - Reprodução
Warren Buffett era famoso por usar um antigo celular no estilo flip Imagem: Reprodução

Gabriel Francisco Ribeiro

De Tilt, em São Paulo

25/02/2020 13h44

Sem tempo, irmão

  • Após anos, Warren Buffett finalmente trocou seu celular flip por um iPhone
  • Magnata era pressionado há anos para ter um smartphone - inclusive por Tim Cook
  • Apesar da troca, o bilionário norte-americano diz usar smartphone só como "telefone"
  • Buffett é um dos maiores acionistas da Apple, tendo 5,6% das ações da companhia

Parem as máquinas: finalmente o bilionário Warren Buffett tem um smartphone. Aos 89 anos, o empresário afirmou na última segunda (24), em entrevista à rede de televisão CNBC, que finalmente trocou o celular flip que usava há anos por um iPhone.

Buffett era conhecido por ser a resistência aos modernos smartphones e usava há vários anos um Samsung Haven, celular flip da companhia sul-coreana lançado em julho de 2010. Ele chegou a brincar em uma entrevista em 2013 que o aparelho havia sido presenteado pelo próprio Alexander Graham Bell, inventor do telefone.

Agora, o magnata se adequou - um pouco - à "modernidade".

"Meu celular flip está permanentemente abandonado, até o número mudou", afirmou na entrevista.

O motivo por trás da mudança após anos talvez seja "livre e espontânea pressão". Warren Buffett afirmou na entrevista que não comprou seu novo aparelho, mas que foi presenteado com "vários" iPhones ao longo dos anos.

Tim Cook, atual CEO da Apple, era uma das pessoas que tentava há anos fazer com que Buffett usasse um iPhone, inclusive presenteando o bilionário com celulares da Apple. Em 2018, Cook chegou a dizer que voaria para Nebraska só para ajudar Buffett a configurar seu novo celular. Isso é que é atendimento ao consumidor.

Vale lembrar, claro, que Buffett é um dos maiores acionistas da maçã, tendo cerca de 5,6% das ações da companhia. O bilionário também é um dos principais investidores da empresa.

Apesar da troca, o empresário não está tão animado com o novo produto como muitas pessoas ao redor do mundo ficariam. Ele diz usar o novo iPhone "apenas para fazer ligações" - ou seja, está usando seu iPhone 11 como se fosse um celular flip de 2010.

"Você está olhando para um cara de 89 anos que está apenas começando a usar isso. Eu uso como um telefone", apontou.

A volta dos celulares flips

O mais curioso da troca de Buffett é que ela é feita no momento em que celulares flips estão voltando à moda, agora na forma de smartphones com telas que se dobram. Recentemente, a Motorola lançou o Moto Razr e a Samsung apresentou o Galaxy Z Flip.

A Apple, contudo, ainda não tem nenhum modelo de smartphone com tela que se dobra na sua linha. Se Warren Buffett quiser um, terá que pedir com jeitinho para seu colega Tim Cook instigar os engenheiros da maçã a fazer um celular nesse estilo retrô para saudosistas.

Por enquanto, nenhum smartphone flip com tela dobrável é especulado para os próximos lançamentos da Apple, apesar da empresa ter algumas patentes de aparelhos com telas que se dobram.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS