PUBLICIDADE
Topo

Amazon alerta que extensão adquirida por PayPal é "risco de segurança"

Mike Segar/Reuters
Imagem: Mike Segar/Reuters

De Tilt, em São Paulo

10/01/2020 10h54

A Amazon fez um alerta em suas plataformas de e-commmerce informando que a extensão Honey representa um "risco de segurança" dos internautas. Além disto, pediu para que seus clientes "desinstalem" a ferramenta imediatamente.

Adquirida no fim do ano passado pelo PayPal, a Honey foi acusada de "rastrear o hábito de compras particulares dos usuários e coletar dados como histórico de pedidos e itens salvos".

A extensão está disponível nos principais navegadores da web, como Google Chrome, Mozilla Firefox e Safari.

Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Um dos primeiros avisos sobre a vulnerabilidade da Honey foi feito por Ryan Hutchins, editor do site "Politico", no Twitter. Ele mostrou o alerta da empresa de Jeff Bezos informando o problema.

Um porta-voz da Honey deu entrevista ao site Wired negando que o acompanhamento virtual prejudique os clientes.

"Nós usamos os dados apenas de maneiras que beneficiam diretamente os membros da Honey - ajudando as pessoas a economizar dinheiro e tempo - e da maneira que esperariam", disse.

Segurança