Topo

Black Friday 2019: veja detalhes dos celulares que custam mais de R$ 3.000

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Wellington Arruda

Colaboração para Tilt

28/11/2019 04h00

A Black Friday está chegando, e uma das maiores expectativas de quem espera essa época é para comprar smartphones mais caros por preços melhores. Então este texto é para você. Após abordarmos modelos que custam até R$ 1.000, até R$ 1.500 e até R$ 3.000, agora é a vez da turma dos top de linha, que passa o já alto patamar de preço de R$ 3.000.

Nos últimos dias, Tilt acompanhou os preços de alguns dos principais celulares de 2018 e 2019 nesta categoria, e traz agora uma lista com cinco dos principais aparelhos premium do mercado e suas variações de preço. Todos os modelos listados foram lançados neste ano. Também separamos também outros três modelos desta faixa com capacidades específicas.

    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    iPhone 11

    O novo baratinho da Apple manteve características que fizeram sucesso no ano passado com o iPhone XR: boas especificações, câmeras de alta qualidade, reconhecimento facial (Face ID) e preço ainda menor de lançamento.

    Ele tem o mesmo tamanho de tela do modelo anterior, mas com especificações equiparáveis aos modelos mais caros da nova linha. A principal diferença estética está na traseira, que agora traz uma câmera dupla, em vez da simples do XR.

    Além do sensor principal, o iPhone 11 tem uma lente extra para fotos com ângulo mais aberto. Ele também traz melhorias para fotos noturnas, mas de forma geral, é o iPhone mais acessível (e mais recente) do ano para quem curte fotografias.

    Ele também faz um ótimo trabalho no desempenho e sua bateria dura um pouquinho mais que o XR. Dá para usá-lo sem restrições ao longo do dia de forma bem tranquila.

    O seu preço de lançamento é R$ 4.999. Nos últimos dias, o menor valor que registramos foi R$ 3.999,20, embora, atualmente, ele custe R$ 4.399,12.

    Ficha técnica:

    • Tela: 6,1 polegadas IPS LCD (1.792 x 828 pixels)
    • Sistema operacional: iOS 13
    • Processador: Apple A13 Bionic hexa-core (2.65 GHz)
    • Memória: 64 GB/128 GB/256 GB de armazenamento; e 4 GB de RAM
    • Câmeras: traseira dupla de 12 MP (com grande angular); e frontal de 12 MP
    • Bateria: 3.110 mAh

    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    iPhone XR

    O iPhone XR foi o smartphone de maior sucesso da Apple em 2018. E não foi por menos: ele traz especificações fortes, câmera de alta qualidade, bateria de longa duração e tamanho razoável. E tudo isso por um preço mais atraente do que o aplicado normalmente pela fabricante.

    Neste caso, como já estamos numa nova geração, o iPhone XR teve seu preço ainda mais reduzido. E isso é ótimo. A Apple tem o costume de atualizar seus smartphones por mais tempo, então o XR deve permanecer ativo no mercado por, pelo menos, mais dois ou três anos sem sofrimentos.

    Ele tem o mesmo processador do iPhone XS, logo seu desempenho é muito satisfatório. Inclusive, a autonomia de bateria deste smartphone pode garantir um dia inteiro em uso intenso.

    A propósito, por mais que tenha apenas uma câmera na traseira, o XR pode fazer fotos com desfoque de fundo e tem ótima qualidade para vídeos.

    No seu lançamento, o valor inicial era de R$ 5.199. O valor mais baixo que registramos nos últimos dias foi R$ 3.059,12, enquanto hoje você pode encontrá-lo por R$ 3.255,12.

    Ficha técnica:

    • Tela: 6,1 polegadas IPS LCD (1.792 x 828 pixels)
    • Sistema operacional: iOS 13
    • Processador: Apple A12 Bionic hexa-core (2.5 GHz)
    • Memória: 64 GB/128 GB/256 GB de armazenamento; e 3 GB de RAM
    • Câmeras: traseira de 12 MP (com grande angular); e frontal de 7MP
    • Bateria: 2.942 mAh

    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Galaxy Note 10

    O Galaxy Note 10 é um smartphone que entrega, basicamente, tudo o que um usuário precisa. Seja para consumir conteúdo multimídia, para jogar, ou então trabalhar. Uma das grandes sacadas da Samsung foi integrar cada vez mais a S Pen a alguns recursos via Bluetooth —como usar a câmera à distância, por exemplo.

    No design, a empresa diminuiu ainda mais as bordas frontais —sua câmera frontal fica localizada sob a tela do smartphone.

    As mais recentes tecnologias para smartphone da marca estão neste aparelho. Certificação contra água (IP68), leitor biométrico ultrassônico, bateria duradoura, desempenho bruto e espaço interno de sobra é o que você pode encontrar neste modelo.

    Ele também tem um grande destaque nas câmeras, fazendo um ótimo trabalho tanto em lugares bem iluminados quando em cenários noturnos.

    No total, são três câmeras na traseira, com funções de zoom óptico e lente ultrawide, com adição de um sensor Time of Flight para reconhecer a distância do celular para os objetos e assim melhorar o foco.

    No lançamento, a Samsung colocou o preço do Note 10 em R$ 5.299. O mais baixo que registramos foi R$ 3.343,12, e hoje você pode encontrá-lo por R$ 3.419,10.

    Ficha técnica:

    • Tela: 6,3 polegadas AMOLED Dinâmico (2280 x 1080 pixels)
    • Sistema operacional: Android 9
    • Processador: Exynos 9825 (2,7 GHz)
    • Memória: 256 GB/512 GB de armazenamento; e 12 GB de RAM
    • Câmeras: traseira principal de 12 MP + teleobjetiva de 12 MP + ultrawide de 16 MP + ToF; e frontal de 10 MP
    • Bateria: 4.300 mAh

      Divulgação
      Imagem: Divulgação

      Huawei P30 Pro

      A chegada do P30 Pro no mercado deu uma boa mexida na concorrência, inclusive no Brasil. A Huawei voltou a atuar recentemente no mercado brasileiro e, logo de cara, trouxe o seu mais recente smartphone voltado para fotografias.

      No P30 Pro, a fabricante oferece design elegante e corpo robusto, além de uma ótima duração de bateria e um desempenho muito forte.

      Porém seu foco está nas câmeras. No total, são quatro na traseira: uma principal, outra para zoom de até 50X (híbrido), outra ultrawide e, por fim, um sensor de profundidade (Time of Flight).

      De 2019, o smartphone da Huawei é um dos maiores destaques em fotografia. Além de ser um dos celulares mais versáteis do tipo, ele traz uma série de recursos (como um modo para fotografar a lua) e poder de sobra para continuar como um belo competidor nos próximos anos. As selfies, inclusive, ficam por conta de um sensor de 32 MP.

      O preço de lançamento deste aparelho é de R$ 5.499. O mais barato que encontramos foi R$ 3.399,28, enquanto hoje ele está disponível por R$ 3.509,10.

      Ficha técnica:

      • Tela: 6,47 polegadas OLED (1.080 x 2.340 pixels)
      • Sistema operacional: Android 9.0
      • Processador: Kirin 980 (2,6 GHz)
      • Memória: 256 GB de armazenamento; e 8 GB de RAM
      • Câmeras: traseira 40 MP + 20 MP + 8 MP; e frontal de 32 MP
      • Bateria: 4.200 mAh

      Divulgação
      Imagem: Divulgação

      Galaxy S10+

      A linha Galaxy S10 tem três aparelhos. Há o "baratinho" S10e, o "comum" S10, e o "exagerado" S10+. E a principal diferença dele está no tamanho da sua tela.

      Para quem busca um smartphone com tela grande, ótimas especificações, câmeras de alta qualidade e tecnologia de ponta, mas sem gastar tanto quanto no Galaxy 10, o S10+ pode ser o recomendado.

      Ele carrega câmeras de alta qualidade e desempenho muito fluido para games, trabalho e outros apps. Ainda existe uma versão do S10+ (do S10 comum também) com até 1 TB de memória.

      O tamanho grande demais pode ser incômodo para quem tem mãos pequenas. Mas, se a sua aposta é em um aparelho com exatamente estas características, este é um dos principais modelos da atualidade.

      No lançamento, seu valor foi aplicado em R$ 5.499, o mesmo do P30 Pro. Nós o encontramos, nos últimos dias, por R$ 2.999,20, embora seu preço, atualmente, esteja em R$ 3.373.

      Ficha técnica

      • Tela: 6,4 polegadas AMOLED Dinâmico (2280 x 1080 pixels)
      • Sistema operacional: Android 9
      • Processador: Exynos 9820 (2,73 GHz)
      • Memória: 128 GB/512 GB/1TB de armazenamento; e 8GB/12 GB de RAM
      • Câmeras: traseira principal de 12 MP + teleobjetiva de 12 MP + ultrawide de 16 MP; e frontal de 10 MP + 8 MP
      • Bateria: 4.100 mAh

      Qual comprar?

      No conjunto da obra, preferimos o Galaxy S10+ porque seu preço baixou bastante e chegou a um patamar mais pagável para um celular muito bom. Já o Note 10 chama a atenção pela exclusiva caneta S Pen, e o P30 Pro por sua câmera excelente. E ambos estão com preços parecidos com o S10+.

      Na Apple, achamos o recém lançado iPhone 11 uma oferta um pouco ruim, porque seu valor baixou muito pouco ainda. Já o preço mais barato —ou menos caro—do iPhone XR, somado ao fato de ser um ótimo modelo, faz dele uma boa opção para a turma do iOS. Mas lembre-se que ele é do ano passado, logo, com uma vida útil menor pela frente. E isso é importante em celulares tão caros.

      Outras opções

      Nem todos os celulares desta faixa de preço foram monitorados pela reportagem ao longo de novembro. Mas durante a pesquisa, encontramos modelos que ficaram com bons preços em comparação aos seus respectivos preços de lançamento. Confira nossas "menções honrosas".

      • Galaxy Note 9: a penúltima geração da linha Galaxy Note ainda é um ótimo aparelho para quem busca produtividade. Ele chegou aqui por R$ 5.500, mas hoje custa R$ 3.599,10.
      • iPhone 11 Pro: a linha mais atual e mais cara da Apple é um ótimo competidor para quem quer um celular para fotografar. O preço oficial é R$ 6.999, mas você o encontra por R$ 6.159,12.
      • Asus Rog Phone II: o smartphone gamer da Asus é um dos mais potentes para quem gosta de jogar com o celular. Foi lançado por R$ 4.999, mas custa R$ 4.499 hoje.

      * Preços pesquisados no Shopping UOL entre 4 e 27 de novembro de 2019; e estão aqui na modalidade à vista, com eventuais descontos em relação ao preço parcelado

      SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

      Smartphone