Topo

Polícia do Rio busca motoristas de apps como Uber e 99 com perfis falsos

Nadia Bormotova/Getty Images
Imagem: Nadia Bormotova/Getty Images

De Tilt, em São Paulo

04/11/2019 10h15

A polícia do Rio de Janeiro deu hoje o pontapé inicial em uma operação que busca identificar a prender motoristas de aplicativos (como Uber e 99) que usam identidades falsas para captar passageiros.

Segundo o site da Polícia Civil, a operação é comandada pela Delegacia de Atendimento Policial do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (DAIRJ). Os motoristas que usam nomes e fotos falsas em aplicativos incorrem em crime de falsidade ideológica.

As investigações da operação tiveram início em julho deste ano, quando os agentes da especializada, com o auxílio de informações prestadas pelas empresas de aplicativo, conseguiram identificar 10 perfis falsos.

Durante a ação, algumas entradas do Aeroporto Internacional do RJ foram interditadas. Mais de 100 motoristas e veículos foram revistados e pesquisados, sendo que até o momento duas pessoas foram presas em flagrante e outras duas foram conduzidas para prestar esclarecimentos.

Transporte