Topo

Cleo é nova vítima de hack no Instagram: como aumentar segurança da conta?

Cleo Pires teve sua conta sequestrada no Instagram, com anúncios de "doação" de produtos - Reprodução/Instagram
Cleo Pires teve sua conta sequestrada no Instagram, com anúncios de "doação" de produtos Imagem: Reprodução/Instagram

Carolina Firmino

Colaboração para Tilt

16/10/2019 14h40Atualizada em 16/10/2019 15h28

Sem tempo, irmão

  • Como outros famosos, atriz teve sua conta do Instagram sequestrada por hackers
  • Após invasão, perfil de Cleo Pires fingiu doar MacBooks, iPhones e carros
  • Pelo Twitter, atriz avisou fãs e pediu para não clicarem em nenhum link dos seus Stories
  • Trocar senha e acompanhar logins são algumas das formas para se precaver do golpe

A atriz e cantora Cleo Pires foi a nova vítima de hackers do Instagram. Ela anunciou o sequestro da conta na manhã desta quarta-feira (16) e disse durante a tarde que conseguiu recuperá-la. É mais uma a entrar no rol de celebridades que enfrentaram um problema de segurança da rede social.

De maneira semelhante ao que aconteceu com Marina Ruy Barbosa em julho, os invasores publicaram uma foto no feed oferecendo celulares gratuitos.

Depois, os Stories também foram alvo dos bandidos, que fizeram uma série de publicações fixas (nos destaques da conta) para oferecer MacBooks, iPhones e até carros. O texto da imagem publicada dizia: "Doar! Eu estou dando 1000x iPhones XS grátis e muito mais na minha história do Instagram agora. Eu amo todos vocês".

A conta de Cleo na rede social tem mais de 11 milhões de seguidores, e os fãs precisaram ser avisados pelo Twitter: "Não cliquem em nenhum link [dos Stories]", escreveu a atriz.

Como posso evitar os hackers?

O roubo de identidade online se tornou prática comum contra celebridades e tem até nome: phishing. É uma tentativa de adquirir de maneira ilícita dados pessoais como senhas, números de cartões e outros. Para isso, convence a vítima a clicar em links maliciosos ou a fornecer voluntariamente seus dados de acesso à conta.

Embora o Instagram seja muito popular, está longe de ser 100% seguro. Para quem identificou alguma atividade suspeita, mas continua com acesso à conta, algumas recomendações:

1) Redefina imediatamente a senha. Para isso, abra o Instagram, clique no seu perfil, depois menu principal (no topo direito da tela, com três barrinhas) > Configurações > Segurança > Senha > Coloque a senha antiga e depois a nova.

Lembre-se: quanto mais números, caracteres especiais e letras alternando entre maiúsculo e minúsculo ela tiver, mais segura será.

2) Cancele o acesso a quaisquer outros aplicativos que você pode ter compartilhado dados de sua conta do Instagram.

3) Não divida sua conta com ninguém.

4) Esteja atento à atividade de login. Para isso, vá em Configurações > Segurança > Dados da conta > Atividade da conta > Logins (ver tudo). Nesta aba, é possível identificar as datas das últimas vezes em que a conta foi autenticada e acessada, e daí é possível verificar se há algo de estranho.

Se você não consegue mais acessar sua conta, vai precisar de outras alternativas.

A rede social indica o Canal de Ajuda presente no próprio aplicativo. Na tela de acesso, ele aparece logo abaixo de "entrar", em "obter ajuda para fazer login". Depois de inserir o nome de usuário ou email, é necessário clicar em "precisa de mais ajuda" e seguir todas as recomendações do Instagram.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Redes sociais