Topo

Por risco de explosão, moradores se revoltam com próximo teste da Space X

Os testes envolvem um sistema de lançamento mais barato que pode acelerar a corrida espacial - Reprodução
Os testes envolvem um sistema de lançamento mais barato que pode acelerar a corrida espacial Imagem: Reprodução

Bruna Souza Cruz

De Tilt, em São Paulo

25/08/2019 12h14

A corrida espacial é o assunto do momento e o bilionário Elon Musk é um dos grandes nomes que trabalham para levar o homem ao espaço novamente. Mas é preciso de rigorosos testes para isso, certo? No entanto, a perspectiva de lançamento de um protótipo da Space X tem causado sérias preocupações entre os moradores da região.

O lançamento do projeto de foguete Starhopper está previsto para acontecer nesta segunda-feira (26) em uma região localizada no extremo sul do Texas, Estados Unidos. Durante o final de semana, a pequena comunidade que ali vive começou a receber avisos de alerta sobre o "risco potencial à saúde e segurança".

A região em que os testes vão acontecer fica próximo à praia Boca Chica, onde se concentra principalmente moradores aposentados. Cerca de 20 pessoas possuem residências por ali.

De acordo com o comunicado, entregue pessoalmente pela polícia local aos moradores, o lançamento pode desencadear um evento de sobrepressão (onda explosiva, simplificando). Com a força dele, janelas podem se quebrar. Por isso, a recomendação é que todos deixem suas casas durante o procedimento. Sirenes da polícia serão acionadas para avisar quando o teste vai começar.

"Estou com muita raiva. Sinto que estamos em uma zona de guerra correndo para fora de nossas casas para que não desmoronem sobre nós", afirmou Celia Johnson, que possui um imóvel na comunidade desde 1992. "Eu sinto que minhas mãos estão amarradas sem ninguém para pedir ajuda. Nossos direitos foram limitados por dinheiro, ganância e política."

Ainda que a chance seja remota, uma possível explosão do protótipo todo, caso algo dê muito errado, seria forte o suficiente para danificar significativamente as residências mais próximas, destacou a reportagem.

"Estou chocada, com raiva e preocupada com o tipo de dano que posso sofrer. Não sei como me preparar para isso. Eu pretendo ligar para a FAA [Administração Federal de Aviação] na segunda-feira para discutir as violações dos direitos civis, entre outras coisas", afirmou Cheryl Stevens, que possui uma casa em Boca Chica e às vezes a aluga.

O protótipo

A ideia do protótipo Starhopper nem é que ele chegue ao espaço. Os testes envolvem a criação de um sistema de lançamento de foguetes mais barato que a empresa de Musk vem desenvolvendo - o Starship. Por enquanto, o objetivo é medir sua capacidade e o quanto ele consegue atingir de altura após a decolagem. No futuro, ele pode ser usado para viagens à Lua e à Marte, por exemplo.

No final de julho, o Starhopper chegou a atingir 18 metros e pousou de volta em sua plataforma de lançamento. O processo terminou com a queimada de cerca de 100 acres causada pelos destroços espalhados pelo motor do foguete. Ninguém ficou ferido, mas o fogo descontrolado foi alvo de críticas.

O objetivo agora é fazer com que ele alcance 200 metros e aterrisse de volta em segurança. A Space X não quis fazer comentários sobre o assunto.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Ciência