PUBLICIDADE

Topo

Diablo II Resurrected: 9 mudanças em relação ao jogo original

Diablo II Ressurected - Divulgação/Blizzard
Diablo II Ressurected Imagem: Divulgação/Blizzard

Daniel Esdras

Do GameHall

28/02/2021 04h00

O grande destaque da Blizzconline 2021 foi o anúncio do remaster do revolucionário Diablo II. A nova versão se chama Resurrected e vai contar com tudo que fez do original uma joia, incluindo do tamanho reduzido do inventário até o gameplay original sem nenhum balanceamento novo. No entanto, como você viu na nossa entrevista com os desenvolvedores, ainda há aqueles 30% de novidades.

Aqui separamos as 9 adições mais significantes prometidas pela Blizzard e como elas vão impactar na sua jogatina.

1 - Gráficos 3D

Diablo 2 Artigo 1 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O grande chamariz desse remaster são as novidades no que diz respeito aos gráficos. Todos os assets do jogo, de personagens a elementos do cenário, foram refeitos em 3D, com animações que lembram as do passado mas dão toda uma nova cara para a jornada. Até mesmo alguns modelos mais recentes, como o do Tyrael, foram adicionados para um senso de continuidade. No que diz respeito ao tom sombrio, achamos que continua bem fiel, e você?

Se preferir os antigos sprites em 2D, você pode modificar os gráficos a qualquer momento apenas pressionando um botão. Essa mágica é possível graças a nova engine utilizada para esse remaster.

2 - Cutscenes refeitas

Diablo 2 Artigo 2 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

E não foram só os graficos in game que foram refeitos. As cutscenes do jogo também foram retrabalhadas. Esperamos que a Blizzard tenha um cuidado maior do que rolou com o trágico Warcraft III: Reforged.

Ao todo serão 27 minutos de novas cutscenes para te levarem ao inferno de uma forma mais moderna, mas sem perder a essência.

3- Áudio 3D

Diablo 2 Artigo 3 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

A parte de áudio também vai ganhar um bom tratamento, segundo a Blizzard. Em Diablo II: Resurrected haverá suporte a som surround, ou tridimensional, com suporte nativo ao Dolby Atmos.

No entanto, Rod Fegursson, diretor do projeto, garante que os efeitos sonoros clássicos e músicas que marcaram época não foram modificadas em conteúdo. Na prática são os mesmos efeitos e trilha, mas com uma qualidade sonora superior.

4 - Baú compartilhado

Diablo 2 Artigo 4 - Divulgação - Divulgação
Diablo 2 Resurrected
Imagem: Divulgação

Várias melhorias de qualidade de vida, como chamam lá fora, serão adicionadas em Diablo II: Resurrected. A principal delas é provavelmente o compartilhamento de baú entre personagens.

Nada de ficar jogando itens no chão e logando com outro personagem. Nada de ficar criando personagem mula. Nada de ficar recorrendo a mods.

Agora há um baú compartilhado para passar aquele loot de paladino que você encontrou com seu rogue sem precisar de gambiarra.

5 - Auto loot

Diablo 2 Artigo 5 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Outra melhoria de qualidade de vida que o jogo vai receber é o auto loot. Coletar todo o ouro de uma vez ou itens de determinada raridade são uma novidade para lá de bem-vinda.

Para quem quiser manter a estrutura clássica do sistema e pegar tudo clicando, também será possível deixar como era no original.

6 - Progressão compartilhada com consoles

Diablo 2 Artigo 6 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Diablo II: Resurrected vai sair para tudo que é plataforma atual. Switch, PS4, PS5, Xbox One, ambos os Xbox Series e claro, no PC. Se você quiser comprar o jogo em mais de uma plataforma, vai poder carregar todo o seu progresso entre elas.

Iniciar uma campanha no PC e continuar de onde parou no Switch, por exemplo, é perfeitamente possível.

7 - Suporte a Battle.Net moderna

Diablo 2 Imagem 1 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O jogo vai receber total suporte da Battle.Net moderna. Partidas criadas pelos servidores da Blizzard, por exemplo, estão confirmadas. Para quem prefere a nostalgia até nessa parte, é possível também criar um host, incluindo todo o trabalho de compartilhar IP e o que mais precisar.

Por outro lado, mods que utilizavam injeção de DLL não vão funcionar nessa nova versão, já que o sistema da Battle.Net não aceita. Os desenvolvedores garantem que os sistemas que precisavam de mods dessa forma não vão precisar mais, o que na prática deixaria que outros mods modernos tomassem o lugar fazendo a mesma coisa. É aguardar para ver.

8 - Opções de acessibilidade

Diablo 2 Imagem 2 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Acessibilidade é um tema em alta na indústria de jogos e preparar o seu jogo para que o máximo de pessoas possam aproveitar sem ficar limitado por suas condições físicas é um dos objetivos do momento.

A Blizzard também assumiu esse compromisso com Diablo II: Resurrected.

Do suporte ao uso de controle, que dessa vez vai chegar até no PC, até o clássico suporte para daltonismo, o jogo vai garantir ao menos o mínimo para que mais pessoas possam jogar a campanha do início ao fim com mais qualidade.

9 - Um jogo totalmente separado

Diablo 2 Imagem 3 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Diferente da patacoada que fizeram com Warcraft III: Reforged, dessa vez a Blizzard não irá fundir os servidores do Diablo II clássico com o Resurrected. O que em si, é um alívio!

A nova versão será um jogo totalmente novo, com seus próprios servidores e pontos de acesso na Battle.Net. Quem quiser continuar no jogo original e não gastar grana com o novo, nada muda.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol