PUBLICIDADE

Topo

Após pressão, Xbox se pronuncia sobre polêmica de "fãs" em atos racistas

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do START, em São Paulo

03/06/2020 08h25

Na noite desta terça-feira (2), o Xbox Brasil se pronunciou sobre as polêmicas envolvendo um canal de "fãs" que ostenta a marca Xbox no nome. O grupo foi acusado de falas racistas em transmissões na plataforma Twitch nos últimos dias.

O posicionamento da empresa veio após muita pressão nas redes sociais, principalmente na onda de manifestações contra atos de racismo que aconteceram no Brasil no último fim de semana e a repercussão da morte de George Floyd, nos EUA, que contou com apoio de figuras do cenário de games e eSports.

O canal citado é conhecido há anos pela comunidade de games por incentivar discursos de ódio, misoginia, homofobia e, agora, racismo entre seus seguidores.

Nos últimos dias, trechos da transmissão do canal destacavam os integrantes proferindo falas discriminatórias.

A repercussão de vídeos com o mesmo teor preconceituoso foi aumentando, e seguidores de Xbox começaram a marcar não só o perfil da empresa como também de executivos, incluindo o chefe da divisão Xbox, Phil Spencer.

Após a publicação da mensagem, personalidades e streamers como Alanzoka, Cellbit e The Darkness reagiram positivamente.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol