PUBLICIDADE

Topo

Qual o jeito mais fácil de fazer stream no videogame e no PC?

Serviços de livestreaming como o YouTube Gaming e o Twitch permitem transmissões de jogatina por todo o mundo - Reprodução
Serviços de livestreaming como o YouTube Gaming e o Twitch permitem transmissões de jogatina por todo o mundo Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

03/12/2017 04h00

Ao contrário do que muita gente poderia imaginar, ver outras pessoas jogando videogame ao vivo é uma uma atividade bem popular e divertida para se fazer na internet. Não só isso, muitas delas chegam até a ganhar a vida com este tipo de coisa, como o Saqib "Lirik" Zahid e o brasileiro Felipe "YoDa" Noronha.

Seja em busca do estrelato na web ou simplesmente para compartilhar e se divertir jogando videogames com o público, muitas pessoas gostariam de entrar no mundo de streaming. A questão é: qual é a forma mais simples de fazer isto, seja com jogos de PC ou nos consoles?

Veja também:

PC

PC - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

O PC é onde estão alguns dos jogos mais populares do Twitch, incluindo "Dota 2", "League of Legends", "Counter-Strike: Global Offensive" e "PlayerUnknown's Battlegrounds", e por isso acaba sendo a principal plataforma para streaming.

Sendo assim, a primeira prioridade de alguém que quer fazer uma transmissão minimamente decente - além de uma conexão com a internet, é claro - é uma máquina que tenha potência suficiente para não só rodar os jogos como fazer o stream sem grandes problemas. No seu FAQ, o Twitch sugere um computador que tenha esta especificação recomendada:

  • Processador Intel i5-4670 ou equivalente da AMD
  • Memória 8 GB RAM DDR3
  • Sistema Operacional Windows 7 Home Premium

Além disso, a placa gráfica do PC deve ser compatível com o DirectX 10 - nada incomum até entre as placas mais modestas de hoje em dia. O processador e a memória, porém, podem ser mais custosos.

Depois do computador, também é importante comprar acessórios que ajudem com a interação com seu público, em particular um microfone e uma webcam. Microfones tendem a depender do gosto de cada um - alguns preferem headsets, enquanto outros gostam de versões de mesa -, mas a câmera considerada ideal para streamers é a Logitech C920 HD Pro.

Com o PC e acessórios acertados, outro ponto importante a ser considerado é o programa usado para a transmissão em si. As duas opções mais populares no mercado são o Open Broadcast Software, que pode ser baixado gratuitamente, e o XSplit, que tem uma versão gratuita e uma premium.

Para entender mais como cada um deles funciona, o Twitch disponibilizou um guia de configuração tanto para o OBS quanto para o XSplit.

Para o YouTube, tanto o OBS quanto o XSplit criaram seus próprios guias (em inglês).

Com tudo isso acertado, você já pode começar a compartilhar suas sessões de jogatina com o mundo.

Consoles

Consoles - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

No PlayStation 4 e Xbox One, o processo de livestreaming é bem mais simplificado. O Twitch é compatível tanto com o PS4 quanto com o Xbox One, enquanto o YouTube Gaming só funciona no console da Sony.

O Xbox One, por sua vez, traz o Mixer, sistema criado pela própria Microsoft como forma de transmissão alternativa.

De qualquer forma, todos estes aplicativos basicamente já fazem as configurações certas para que o usuário possa começar o livestream da forma mais rápida possível, e é possível usar a câmera oficial de cada plataforma: o Kinect no caso do Xbox, e a PlayStation Camera para o PS4.

Isso não significa, porém, que não se pode customizar ainda mais esta experiência.

Para quem quiser mais opções de configuração durante suas sessões, ou quiser jogar games em consoles que não tenham funcionalidades de livestreaming (como o Wii U e o Nintendo Switch), é preciso usar uma placa de captura junto com um computador para fazer a transmissão.

Por meio desta placa, é possível usar o OBS ou o XSplit para realizar o livestream, e até rodar jogos de Xbox One no YouTube. A opção mais popular entre estes acessórios é o Elgato Game Capture HD60.

Atenção, porém: no Brasil, esta placa de captura de vídeo tem um preço bem salgado, chegando na casa dos R$ 1.700.