PUBLICIDADE

Topo

CS_rio: como mapa feito por fãs fez "Counter-Strike" ser banido do Brasil

Reprodução
Imagem: Reprodução

Claudio Prandoni

Do UOL, em São Paulo

28/04/2017 04h00

Faz quase dez anos que "Counter-Strike" teve suas vendas proibidas no Brasil, em janeiro de 2008. Tudo isso por causa do mapa cs_rio, criado pela dupla Joca Prado e Roger Sodré e lançado anos antes, em 2001.

Ambientado em uma favela fictícia no Rio de Janeiro, o mapa fez sucesso entre jogadores por suas características pitorescas, como o funk tocando no rádio (E os terceiros vão descendo a ladeira / Levando tiro pela frente pelas costas) e o campinho de futebol, com uma bola que podia ser 'chutada' de verdade.

Criado ao longo de um ano, o mapa fez sucesso logo que foi lançado. "Na primeira semana foram seis mil downloads. Na segunda semana já foram 24 mil downloads", conta Joca no documentário "Paralelos".

Criadores do mapa CS Rio - Reprodução/Red Bull - Reprodução/Red Bull
Joca Prado e Roger Sodré, criadores do mapa cs_rio
Imagem: Reprodução/Red Bull

O mapa até era vendido por camelôs pelo Brasil, mas a dupla não ganhou um centavo pelo trabalho. "Marcou muito que a gente foi na Santa Efigênia uma vez comprar alguma coisa e tinha um cara lá na esquina vendendo 'Olha o mapa do Rio, olha o mapa do Rio'. E o negócio era grátis, tá ligado?", explica o Joca.

Porém, nem todos apreciaram a disputa entre terroristas e contra-terroristas na favela digital. No começo de 2008, o Procon de Goiás proibiu o jogo em todo o Brasil - aliás, junto com o RPG online "Everquest". A proibição durou cerca de três anos e foi suspensa em 2011.

"Proibiram a venda no Brasil inteiro de todo o jogo, mas na época a gente já comprava jogo digital. Foi uma piada isso", comenta Roger Sodré no documentário.

Disponível gratuitamente, o mapa cs_rio pode ser encontrado facilmente pela internet para download.

Veja dicas do Fallen para detonar no CS

Start