PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Novo líder da Universal ameaça delatar pastores à Receita e à polícia

Renato Cardoso,apresentador, bispo e novo líder terreno da Igreja Universal - Reprodução/Facebook
Renato Cardoso,apresentador, bispo e novo líder terreno da Igreja Universal Imagem: Reprodução/Facebook
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

21/07/2021 16h20

Num duro recado gravado na presença da alta cúpula da Igreja Universal, o bispo Renato Cardoso, genro de Edir Macedo e novo líder "terreno" da igreja (Macedo continua o espiritual) alertou aos presentes que a igreja não vai proteger ou compactuar com membros da obra que se "desviem" de seus caminhos.;

Cardoso fez o alerta após receber informações que muitos pastores e mesmo bispos da igreja estão montando empresas "de fachada" com apoio —e estímulo—de contadores "oportunistas" e advogados.

Renato, que é coapresentador ao lado da mulher, Cristiane, no Love School", na Record, fez questão de deixar claro aos presentes que a reunião estava sendo gravada e que seria divulgada "porque aqui não temos nada a esconder". São 12 minutos de gravação, aproximadamente.

Modus operandi

Tudo indica que o objetivo dessas empresas de fachada -é para sonegar dinheiro da Receita. Como os salários de bispos e pastores são praticamente líquidos (eles têm, carro, casa , comida etc), alguns contadores estariam convencendo os fiéis a declarar mais gastos e , assim , sonegar Imposto de Renda.

"A Igreja está tomando medidas cabíveis. A gente já sabe que alguns s e desviaram. A gente tenta pela palavra, mas aqueles que resistirem a gente entrega o corpo para satanás mesmo", afirmou.

"Se daqui a pouco vocês começarem a ouvir que fulano ou beltrana foram presos, saibam que a culpa é deles, não da igreja."

"Nós temos conhecimento que há contadores se oferecendo para fazer IR, para que vocês paguem menos ou até recebam."

"Por exemplo, foram alguns desses que convenceram muitos fiéis a pedir auxílio emergencial que não tinham direito. Muitos de vocês caíram nessa, foram mal orientados. Agora vão ter de pagar"m sentenciou Renato.

"Como você pode receber uma restituição que não é compatível com sua renda? Não tá certo.

"Estão avisados". Nós vamos denunciar."

Outro lado

A coluna procurou a UNICom, porta-voz da Universal, para que comentasse o assunto. Até o momento da publicação deste texto, ninguém havia se manifestado.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops