Conteúdo publicado há 27 dias

Alfonso Cuarón foi chamado de arrogante por hesitar em dirigir Harry Potter

Alfonso Cuarón, 62, em entrevista à Total Film:

O diretor confessou que hesitou em aceitar dirigir "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban" após Chris Columbus se afastar. "Fiquei confuso porque isso não estava no meu radar. Falo frequentemente com Guillermo del Toro e, alguns dias depois, eu disse: 'Sabe, eles me ofereceram esse filme de Harry Potter, mas é muito estranho que eles me ofereçam isso'."

Guillermo del Toro notou a oportunidade na carreira do amigo e deu um conselho duro. "Ele disse: 'Espere, espere, espere, você disse que não leu Harry Potter?'. Respondi: 'Não acho que seja para mim'. Em um léxico muito florido, em espanhol, ele disse: 'Você é um idiota arrogante'".