Conteúdo publicado há 1 mês

Kate Middleton sumiu? Por que a princesa não aparece há mais de dois meses

O "sumiço" de Kate Middleton anda gerando especulações sobre a saúde da princesa nas redes sociais. As teses envolvem cirurgias plásticas, problemas sérios de saúde, divórcio e teorias da conspiração que relembram o tratamento dispensado pela família real a mulheres como Diana e Meghan Markle.

O burburinho obrigou o Palácio de Kensington a divulgar um comunicado na manhã de quinta-feira (29) para acalmar os ânimos do público. Entenda:

O que aconteceu

Kate passou por uma cirurgia no abdome no dia 16 de janeiro. O Palácio de Kensington não informou o motivo da cirurgia, mas disse que o procedimento foi "planejado" e que não se trata de um câncer. Ela foi vista em público pela última vez há 66 dias, em 25 de dezembro, acompanhando os familiares em uma caminhada natalina em Sandringham, casa de campo da realeza.

Na ocasião, o Palácio informou que a princesa ficaria afastada de suas funções até a Páscoa e pediu privacidade. "A princesa de Gales aprecia o interesse que esse comunicado gerará. Ela espera que o público entenda seu desejo de manter o máximo de normalidade possível para seus filhos e seu desejo de que suas informações médicas pessoais continuem privadas".

Apesar de a cirurgia ter sido "planejada", Kate adiou compromissos oficiais que tinha agendado para os próximos meses. O príncipe William também adiou compromissos para estar ao lado da mulher durante o período de recuperação.

Kate deixou o hospital no dia 29 de janeiro, 13 dias após a cirurgia, sem ser fotografada. "A princesa de Gales voltou para sua casa em Windsor para continuar se recuperando da cirurgia", disse o Palácio, na ocasião.

Hoje, o Palácio respondeu às teorias de conspiração e especulações, que se intensificaram após o príncipe William cancelar uma aparição em um evento por "motivos pessoais" ontem (28). "O Palácio de Kensington deixou claro, em janeiro, qual seria a cronologia da recuperação da princesa e que só divulgaria atualizações significativas. Essa diretriz se mantém", disse um porta-voz, que acrescentou que Kate "está bem".

Charles e Kate estão lidando com questões de saúde de forma diferente

Desde o início, o rei Charles 3º está lidando com seus problemas de saúde de forma bem diferente da nora. O rei Charles 3º anunciou que faria um procedimento para correção de aumento de próstata antes mesmo de passar pela cirurgia. Ele também anunciou que está com câncer poucos dias após receber o diagnóstico. Em ambas situações, o palácio disse que o monarca decidiu pela divulgação dessas informações para promover conscientização e evitar especulações. É incomum que monarcas britânicos compartilhem detalhes de questões relacionadas a saúde.

Continua após a publicidade

O rei também foi fotografado diversas vezes desde a cirurgia e após o diagnóstico de câncer. Charles foi fotografado tanto deixando o hospital após a cirurgia quanto após o diagnóstico de câncer, apesar de também estar afastado de compromissos públicos. Ele recebeu a imprensa durante uma audiência com o primeiro-ministro Rishi Sunak na semana passada e, recentemente, apareceu em um vídeo nas redes sociais lendo cartas de apoio do público.

Segundo fontes, Kate não divulgou seu diagnóstico para preservar a privacidade da família. "Muito do que eles fazem pelas crianças é para normalizar a vida e não fazer com que eles sintam que estão em uma gaiola de ouro especial", afirmou o biógrafo Robert Hardman em entrevista à revista People. Segundo outra fonte, Kate e William têm a família como "prioridade" e agendam viagens e compromissos oficiais de acordo com as férias das crianças.

Deixe seu comentário

Só para assinantes