Taylor Swift adia show devido ao forte calor no Rio: 'Bem-estar dos fãs'

Taylor Swift adiou o show que faria hoje no Rio de Janeiro após a morte de uma fã e a onda de calor na cidade. Após o comunicado, a cantora deixou o estádio Engenhão e retornou para hotel de luxo em Ipanema. A nova data foi marcada para próxima segunda (20). Os fãs que estavam no estádio choraram e vaiaram ao saber da notícia.

Estou escrevendo este texto do meu camarim no estádio. A decisão foi de adiar o show de hoje pela temperatura extrema no Rio. A segurança e o bem-estar de meus fãs, banda e da equipe precisa e sempre vem em primeiro lugar. Taylor Swift

Responsável pela turnê de Taylor no Brasil, a T4F informou que os ingressos de hoje terão validade para segunda (20). Ainda não há informações sobre reembolso. A empresa, porém, disse que mais informações serão divulgadas em breve.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, também explicou os fatores que motivaram o adiamento do show de Taylor Swift desta noite no Engenhão. O primeiro seria referente à cantora, que não estava se sentindo bem após a confirmação da morte de sua fã, Ana Clara Benevides, 23, em seu show. O segundo, seria o forte calor que bateu recorde hoje na capital fluminense, atingindo 42,5°C, com sensação térmica de quase 60°C, segundo Inmet.

Primeiro, a artista parece que não está bem diante do ocorrido de ontem. De fato, a temperatura do Engenhão está muito alta, com muitos atendimentos médicos. Quem não chegou no Engenhão ainda, obviamente dê meia-volta, não saia de casa. Quem está no Engenhão saia com toda tranquilidade. A organização vai ver se o ingresso vai valer para segunda, mas, se não puder, a gente vai dar um jeito de recompensar as pessoas. Saia com muita calma e tranquilidade. Infelizmente, a gente vai adiar o show de hoje para segunda. Eduardo Paes

Quinze minutos depois de Taylor comunicar em seu perfil no Instagram, a notícia foi anunciada para quem já estava dentro do Estádio do Engenhão. Às 17h45, os fãs escutaram pelos alto-falantes sobre a remarcação do show e reagiram com muitas vaias e xingamentos na sequência. A justificativa foi devido a condições meteorológicas adversas. Taylor adiou um dos shows realizados na Argentina, porém, na ocasião, foi a forte chuva que atrapalhou o evento.

Continua após a publicidade
Segundo show de Taylor Swift no Rio de Janeiro é adiado
Segundo show de Taylor Swift no Rio de Janeiro é adiado Imagem: Reprodução/Instagram

Antes do anúncio do adiamento, parte dos fãs de Taylor Swift pediu a suspensão do show devido às altas temperaturas. Muitos fãs madrugaram para chegar até o Engenhão e passaram o dia se protegendo do sol com guarda-chuva, leque e muita água jogada pelo Corpo de Bombeiros e por lojistas do entorno do estádio.

Reações após morte de Ana Clara Benevides

Para evitar novas tragédias na noite deste sábado (18) como a que acometeu a estudante Ana Clara Benevides, vários órgãos das esferas federal, estadual e municipal se mobilizaram. A causa da morte só deve ser esclarecida após a conclusão dos exames do IML.

O ministro da Justiça, Flávio Dino, determinou a permissão da entrada de garrafas de água em shows. "Empresas produtoras de espetáculos com alta exposição ao calor deverão disponibilizar água potável gratuita em 'ilhas de hidratação' de fácil acesso. A medida vale imediatamente." Após o comunicado, a T4F liberou a entrada de garrafas plásticas e informou que pontos de distribuição gratuita de água estariam à disposição do público durante o evento.

Continua após a publicidade

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, determinou a distribuição de água ao público no entorno do Engenhão. Ele também afirmou que a Polícia Civil já abriu o inquérito para apurar a morte da estudante Ana Clara. "Determinei a Cedae e os agentes de Lei Seca que distribuam água mineral no entorno do Engenhão. Nosso Corpo de Bombeiros também vai disponibilizar mais ambulâncias nas extremidades para atender as ocorrências."

Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes exigiu mais pontos de distribuição de água no show desta noite a T4F. Entre as medidas estavam a antecipação da entrada em uma hora, ocupar o anel de circulação para tirar o público do sol, novos pontos de distribuição de água, aumento do número de brigadistas e de ambulâncias.

A Defensoria Pública do Estado do Rio também entrou com uma ação contra a T4F para liberar entrada de garrafas d'água no estádio, além de pontos de hidratação e abastecimento de água em quantidade adequada ao público. Caso houvesse o descumprimento, a entidade aplicaria multa de, no mínimo, R$ 100 mil.

A água é um bem primário, sem o qual a pessoa não pode viver. Impedir a entrada de milhares de consumidores com suas garrafas de água, em uma situação de calor extremo, para a simples finalidade de lucrar mais com a venda de água, é uma conduta ilícita e que deve ser combatida por todos os órgãos públicos. Eduardo Chow De Martino Tostes, coordenador do Nudecon (Núcleo de Defesa do Consumidor)

O procurador-geral de Justiça, Luciano Mattos, do Ministério Público do Rio de Janeiro, acionou a T4F a tomada de medidas de prevenção urgentes e que acompanhará a investigação sobre a morte de Ana Clara Benevides por meio de uma das Promotorias de Justiça de Investigação Penal.

As deputadas federais Erika Hilton (PSOL-SP), Sâmia Bomfim (PSOL-SP) e Tabata Amaral (PSB- SP) se manifestaram após a morte de Ana Clara Benevides. Erika e Sâmia afirmaram que denunciaram ao MPF (Ministério Público Federal) a empresa T4F, e Tabata disse que redigiu um projeto de lei para que seja obrigatória a disponibilização de água em eventos.

Continua após a publicidade

Vejo como criminosa a proibição que o público entrasse com água no show da cantora Taylor Swift no Rio ontem, onde ocorreu uma morte atribuída ao calor. A hidratação é essencial durante uma onda de calor como a que estamos enfrentando e não pode ser vista como fonte de lucro. Mas infelizmente a T4F não compartilha dessa visão. Erika Hilton

Uma petição online foi encaminhada para Câmara Municipal do Rio para a criação de uma lei que obrigue as produtoras de shows a distribuem água de graça durante apresentações no Brasil. "Começo aqui a campanha pela Lei Ana Benevides, lei que garantirá a distribuição gratuita em eventos. O setor de eventos se sente envergonhado com a falta de responsabilidade da empresa responsável pelo evento de hoje e gostaria que haja mudança para que uma fatalidade dessas não ocorra novamente!"

Em resposta, a produtora T4F ofereceu água gratuita na fila e em todos os acessos ao Estádio Nilton Santos. A empresa ainda autorizou o público a entrar com garrafas plásticas flexíveis.

Quem era Ana Clara Benevides?

Nascida em Sonora (MS), Ana Clara Benevides tinha 23 anos e morava em Rondonópolis (MT), onde cursava psicologia na Universidade Federal da cidade. Pai da estudante, José Weiny afirmou para Splash que a filha terminaria o curso no primeiro semestre de 2024. "Minha filha era alegre, extrovertida e muito responsável."

Continua após a publicidade

Além dos estudos, ela era engajada com a comunidade estudantil e integrava a Associação Atlética Acadêmica de Psicologia da UFR. Ela foi diretora da Associação Atlética Acadêmica de Psicologia e fez parte da equipe de Cheerleaders de Rondonópolis: as Valquírias Cheerleading.

Ana Clara Benevides era muito fã de Taylor Swift e guardou dinheiro por um bom tempo para realizar o sonho de ver a cantora. Acompanhada da amiga, Daniele Menin chegou ao Rio de Janeiro na quinta passada (16) para ver o show da artista na noite de sexta (17).

Nas redes sociais, Ana Clara Benevides tem mais de 4 mil seguidores. E sempre compartilhava fotos de dias de diversão com os amigos, viagens, momentos em família e a vida na universidade. No dia do evento, Ana Clara publicou vídeos reclamando do calor —a sensação térmica atingira 40,8°C, às 20h30.

Continua após a publicidade

A morte

Amiga de Ana Clara Benevides, Daniele Menin contou que a jovem de 23 anos desmaiou "do nada" no início do show de Taylor Swift no Engenhão. As duas estavam grudadas na grade curtindo o show, quando Ana Clara passou mal e desmaiou na segunda cancão, "Cruel Summer".

Foi do nada. A gente estava chorando de emoção de ver a Taylor e aí ela caiu. O pessoal puxou ela para fora, a gente estava bem na grade, e aí pulei a grade e fui correndo para o postinho de apoio deles. Daniele Menin, em entrevista ao Jornal Hoje (Globo)

Daniele disse que houve um rápido atendimento médico dentro do local e, posteriormente, a amiga foi encaminhada para o Hospital Municipal Salgado Filho. "Eles atenderam ali, já começaram a tentar reanimar ela e entrei em desespero, porque vi que era grave. Chamaram a ambulância e pelo que entendi ela teve outra parada ali na ambulância."

O Hospital Municipal Salgado Filho afirmou que a paciente chegou à unidade às 20h50, em parada cardiorrespiratória. "Foram feitas manobras de reanimação, mas, infelizmente, ela não resistiu. O evento era privado com assistência médica contratada pelos organizadores."

Para Splash, Weiny Machado afirmou que pode ter havido, sim, negligência de alguma parte na morte de sua filha. "Nada vai trazer minha filha de volta. O que eu posso dizer é que teve negligência em alguma parte. Não sei se foi por causa da falta de água que provocou vários desmaios. Não sei se pela proibição de entrar com água e faltou."

Continua após a publicidade

Gabriela Benevides, prima de Ana Clara Benevides, afirmou que a jovem bebeu água e se alimentou antes de desmaiar. "Ela recebeu água porque estava bem na frente do palco. Também se alimentou. Só felicidade e alegria", disse Gabriela para Splash após deixar a delegacia.

Amigas de Ana Clara também compareceram à delegacia. Elas estavam assustadas e não falaram com a imprensa sobre o ocorrido. A causa da morte da estudante só deve ser esclarecida após a conclusão dos exames do IML.

T4F emitiu nota lamentando o episódio. "Ana Clara se sentiu mal e foi prontamente atendida pela equipe de brigadistas e paramédicos, sendo encaminhada ao posto médico do Estádio Nilton Santos para o protocolo de primeiros socorros. Diante do quadro, a equipe médica optou pela transferência ao Hospital Salgado Filho, onde, após quase uma hora de atendimento emergencial, infelizmente veio a óbito. Aos familiares e amigos de Ana Clara Benevides Machado nossos sinceros sentimentos."

Poucas horas após o fim de sua primeira noite de show no Brasil, Taylor Swift lamentou a morte da fã. "Não acredito que estou escrevendo essas palavras, mas é com o coração partido que digo que perdemos um fã no começo desta noite, antes do meu show. Eu nem posso dizer o quão devastada estou por isso. Tenho pouca informação além do fato de que ela era incrivelmente linda e jovem demais."

A morte de fã de Taylor repercurtiu na imprensa internacional. O jornal inglês The Independent dise que era possível ouvir os fãs gritarem por água durante a apresentação em um "calor escaldante". Já a BBC internacional afirmou que a artista foi vista jogando ao menos uma garrafa para o público. O jornal argentino Clarín destacou que Taylor interrompeu o show pelo calor extremo para dar água a uma fã.

Continua após a publicidade
Taylor Swift publicou mensagem para lamentar morte de fã em seu show
Taylor Swift publicou mensagem para lamentar morte de fã em seu show Imagem: Reprodução/Instagram

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes