PUBLICIDADE
Topo

Conrado e Aleksandro: vídeo de ônibus a 130km/h é de 2019, diz assessoria

Conrado e Aleksandro: após o acidente que matou seis pessoas, vídeo antigo do ônibus da dupla viralizou - Reprodução/Twitter
Conrado e Aleksandro: após o acidente que matou seis pessoas, vídeo antigo do ônibus da dupla viralizou Imagem: Reprodução/Twitter

De Splash, em São Paulo

09/05/2022 12h08Atualizada em 09/05/2022 18h27

O vídeo que circula nas redes sociais do ônibus da dupla Conrado e Aleksandro em alta velocidade é antigo. Segundo a assessoria da dupla informou a Splash, as imagens são de 2019. No sábado, seis pessoas, incluindo o vocalista Aleksandro, morreram em um acidente com o veículo.

No vídeo, o ônibus acelera até aproximadamente 130 km/h. "Depois acontece um acidente e colocam a culpa sempre em outra coisa, mas a imprudência fala mais alto aqui! Ultrapassa caminhões como se fosse um carro pequeno", diz o motorista que fez o registro, que não teve o nome divulgado.

"Esse vídeo nós já havíamos recebido no final de 2019. Não se trata de um vídeo do momento de um acidente. A divulgação desse vídeo nesse momento, além de desrespeitosa, é extremamente leviana", disse o advogado da dupla em entrevista ao "Domingo Espetacular" (RecordTV) de ontem.

Acidente

A suspeita é de que um pneu do ônibus tenha estourado. Em um primeiro momento, a assessoria da dupla sertaneja informou que João Vitor, o Conrado, havia dado entrada no hospital apenas com ferimentos leves, mas novo boletim médico, publicado na madrugada de hoje, informou que novos exames indicaram a necessidade de uma "cirurgia geral" e que o quadro se agravou.

"O cantor encontra-se no momento na UTI, em estado grave, mas estável, sendo necessário aguardar a evolução do quadro nas próximas horas", explicou a assessoria, detalhando ainda que João foi o primeiro passageiro socorrido na cena do incidente.

Outra vítima internada no hospital no interior paulista, o músico Júlio César Bugoli Lopes passou por uma neurocirurgia na tarde de ontem e por um procedimento ortopédico encerrado no início da noite de ontem. Seu estado também é considerado grave.

A equipe de Conrado e Aleksandro divulgou a lista oficial de mortos no acidente. Não resistiram aos ferimentos:

  • Wisley Aliston Roberto Novais (músico), de Sandovalina (SP)
  • Marzio Allan Anibal (músico), de Ibiporã (PR)
  • Giovani Gabriel Lopes dos Santos (técnico), de Londrina (PR)
  • Roger Aleixo Calcagnoto (músico), de Londrina (PR)
  • Gabriel Fukuda (técnico de luz), São Sebastião de Amoreira (PR)

Fatos serão esclarecidos

Em nota, no início da noite de segunda-feira, a assessoria da dupla informou ter conhecimento do vídeo que mostra o ônibus da dupla trafegando acima da velocidade.

"As imagens não condizem com o momento do acidente e, principalmente, não comprovam a velocidade do veículo no momento e, tão pouco, com o local da colisão", informaram.