PUBLICIDADE
Topo

Especial de Natal do 'Porta dos Fundos' é alvo de ação na Justiça em SP

Jesus no especial de Natal Te Prego Lá Fora, do Porta dos Fundos - Reprodução
Jesus no especial de Natal Te Prego Lá Fora, do Porta dos Fundos Imagem: Reprodução

De Splash, em São Paulo

15/12/2021 19h28

As empresas que comandam a Paramount+ foram processadas por conta da animação "Te prego lá fora", novo especial de natal do "Porta dos Fundos" lançado hoje na plataforma.

O Centro Dom Bosco de Fé e Cultura solicitou a ação registrada no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) e pede indenização por dano moral.

Em contato com Splash, o tribunal não divulgou o valor solicitado pela instituição e outros detalhes do processo.

"Processamos a Paramount, empresa associada ao novo especial de Natal do 'Porta dos Fundos'. Que viva Cristo rei", comunicou o Centro Dom Bosco em publicação nas redes sociais.

A animação é assinada pelo apresentador e humorista Fábio Porchat. O especial ficcional mostra a adolescência de Jesus Cristo e sua mudança de comportamento por frequentar a escola.

Polêmicas envolvendo o 'Porta dos Fundos'

Em novembro de 2020, O STF (Supremo Tribunal Federal) definiu com unanimidade que o "Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo", feito por Porta dos Fundos e Netflix, deveria permanecer no ar.

A produção foi criticada por grupos religiosos, que solicitaram uma retirada do catálogo da plataforma de streaming. A decisão contrariou o parecer anterior do TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), que decidiu pela remoção.

Ontem, Fábio Porchat comentou os episódios e defendeu as piadas sobre religiões. "Podemos e devemos ridicularizar", afirmou durante entrevista ao "Vênus Podcast".