PUBLICIDADE
Topo

'La Casa de Papel' acaba com bando sambando e reviravoltas a cada episódio

Professor se entrega em cena da parte 2 da quinta e última temporada de "La Casa de Papel" - Tamara Arranz/Netflix
Professor se entrega em cena da parte 2 da quinta e última temporada de 'La Casa de Papel' Imagem: Tamara Arranz/Netflix

De Splash, em São Paulo

03/12/2021 11h55

O criador, roteiristas e diretores de "La Casa de Papel" literalmente sambaram na cara do público nos cinco episódios finais da série espanhola que chegaram hoje à Netflix.

Os capítulos que encerram a série definitivamente vieram recheados de reviravoltas, "enganando" o público a cada episódio.

Quando você acha que sacou o próximo passo do Professor (Álvaro Morte), surpresa, tudo muda de novo.

É ele, inclusive, o grande personagem da parte final, embora Tóquio (Úrsula Corberó) —morta na última temporada— siga como narradora e apareça em flashbacks.

Tanta informação em apenas cinco episódios deve causar reações adversas. Parte do público vai achar os episódios finais arrastados. Outra parte pode ficar confusa com o excesso de planos que parecem movimentar só o lado de fora do atraco.

Dentro do Banco da Espanha, o assalto que está rolando desde a temporada 3 continua arrastado e parece que não vai acabar nunca. Mas acaba! E ainda assim consegue trazer algumas cenas nostálgicas e surpreendentes.

A partir daqui o texto contém spoilers pesados sobre a parte final da temporada 5 de La Casa de Papel. Pare se não quiser saber o que acontece.

Sambando na cara da polícia

Uma delas envolve a trilha sonora mais famosa de "La Casa de Papel". E não é a música de abertura, e sim "Bella Ciao".

Quando os assaltantes finalmente conseguem concluir a retirada do ouro e atingem o objetivo do assalto, eles comemoram dançando o hino da resistência em um ritmo particular: samba!

Com instrumentos de percussão improvisados, os bandidos batucam e sambam em um dos poucos momentos de descontração dentro da guerra que continua com a polícia e o Exército da Espanha.

Para quem quiser pular direto para esse momento glorioso para os brasileiros, o bando samba acontece no episódio 8 da quinta temporada.

Sexo no cofre

Outra cena nostálgica é a reconciliação de Denver (Jaime Lorente) e Estocolmo (Esther Acebo). O relacionamento que estava abalado tem mais um obstáculo, quando Denver e a prima, Manila (Belén Cuesta), resolvem se beijar.

Mas Estocolmo perdoa, principalmente depois de alguns episódios de psicose devido a medicamentos que ela ingeriu no desespero. Ela então pede a Denver que a tranque no cofre por segurança, como aconteceu nas primeiras temporadas da série quando ela ainda era uma refém.

Em uma cena praticamente surreal dentro de um assalto, Estocolmo protagoniza um striptease para reconquistá-lo e os dois transam.

Chega de Arturo

Se Arturo (Enrique Arce) voltou com tudo na primeira parte da temporada 5, deixando mais uma vez os fãs da série irritadíssimos, os roteiristas dessa vez pouparam o público de passar mais raiva.

O personagem mais odiado da série nem chega a aparecer nos episódios finais. Ele é apenas brevemente citado por Estocolmo, que avisa Denver que os médicos que entraram no Banco da Espanha o examinaram e disseram que ele estava vivo. E é isso! Arturo deixa os ladrões e o público em paz definitivamente.

Bando rendido

Sair do Banco da Espanha não vai ser fácil para nenhum dos lados. Depois da guerra interna com a invasão do Exército, restam nove combatentes de macacão vermelho e apenas dois "e meio" do lado da polícia.

Uma das integrantes do Exército se finge de morta e consegue desativar as entradas do banco silenciosamente, se locomovendo pelos túneis de ar. Enquanto isso, o líder Sagasta (José Manuel Seda) finge que se entregou e solicita dois médicos para cuidar de um dos soldados feridos.

O que o bando não sabe é que os médicos também são parte do Exército, reforçando o time dentro do banco. Algum tempo depois, o plano de Sagasta dá certo e o bando é rendido. Com o desfecho, o Professor resolve também se entregar para a polícia e vai dirigindo até o banco.

Sierra aliada

Alicia Sierra (Najwa Nimri) ainda resiste e até foge com sua bebê do esconderijo do Professor e de seus aliados. Mas após muitas reviravoltas e situações inesperadas que a aproximam de seu maior inimigo, ela acaba como uma aliada. O que já era esperado.

Assim como já havia acontecido com Raquel Murillo (Itziar Ituño), a inspetora vira praticamente o Professor do lado de fora do assalto, enquanto ele está rendido junto com o bando dentro do banco. É ela que acha o ouro roubado. Sim, eles tiraram o ouro do banco, mas foram roubados.

Ouro roubado

Depois de atingir o objetivo e retirar as 90 toneladas de ouro da reserva do Banco da Espanha, o Professor e sua equipe são enganados do lado de fora. Fingindo ser policiais que os capturaram, um outro grupo consegue roubar e esconder todo o ouro.

Grupo esse liderado por Tatiana (Diana Gómez), ex-mulher de Berlim, que sabia de todo o plano, e Rafael (Patrick Criado), filho de Berlim (Pedro Alonso) e sobrinho do Professor.

Na história paralela que começa na primeira parte da temporada 5, Tatiana e Rafael traem Berlim e ficam juntos. Depois da morte do pai de Rafael ao fim do assalto à Casa da Moeda, Tatiana revela o plano do assalto do Banco da Espanha ao novo namorado e os dois criam um plano paralelo para roubar o ouro.

Ninguém engana o Professor

A série começou com o Professor apresentado como um gênio, e, claro, também precisa terminar assim. Já prevendo que Tatiana, única pessoa que não é sua aliada e sabia do plano, poderia intervir, o cabeça do assalto deixa prontas barras de latão banhadas a ouro.

Mesmo sem saber onde está o ouro de verdade, o Professor usa as barras como moeda de troca com o chefe da polícia, Coronel Tamayo (Fernando Cayo). Com a divulgação que toda a reserva da Espanha foi retirada do banco, o assalto vira notícia no mundo todo e a bolsa de valores despenca. Sem apoio do Banco Central Europeu, o país pode decretar falência.

Para que ambos saiam ganhando, os ladrões "devolvem" o tesouro e enganam a população, em uma negociação que vira segredo de Estado.

Todos mortos

Após a entrega do ouro de latão e tiros disparados dentro da instituição, o Professor e todo o seu bando saem mortos do banco, dentro de sacos de cadáveres. É a vitória da polícia.

Dentro dos sacos, porém, eles estão vivos. Todos ganham novos passaportes e vão viver em Portugal com novas identidades.

O ouro de verdade, recuperado por Sierra do lado de fora, também cruza a fronteira para o país vizinho escondido dentro de uma casa pré-fabricada em um caminhão.

Segredo de família

Sierra consegue negociar o ouro com Rafael após entregar um bilhete do Professor para o filho de Berlim. O conteúdo do bilhete não é revelado e deve ser o mote da série derivada de "La Casa de Papel" que leva o nome do personagem e estreia em 2023.