PUBLICIDADE
Topo

Bienal do Livro marca evento físico no Rio ainda em 2021 e recebe críticas

A Bienal vai acontecer entre os dias 29 de outubro e 7 de novembro - Getty Images/EyeEm
A Bienal vai acontecer entre os dias 29 de outubro e 7 de novembro Imagem: Getty Images/EyeEm

De Splash, em São Paulo

07/05/2021 22h10

A Bienal do Livro anunciou hoje que fará uma "edição híbrida" em 2021: entre os dias 29 de outubro e 7 de novembro, ocorrerá um evento online e um presencial, "cumprindo todos os protocolos de segurança".

O anúncio foi motivo de críticas por parte de quem acredita que, mesmo no final do ano, um evento da dimensão da Bienal oferece alto risco de contaminação por covid-19.

Uma seguidora questionou nos comentários: "Como ter evento físico em 2021 se o público-alvo, os jovens, ainda não estarão vacinados?"

No Twitter, frequentadores também se manifestaram: "A Bienal do Livro é fundamental pro mercado e a cultura brasileira, mas fazer o evento físico (mesmo que só parte dele) em meio ao caos da pandemia não faz o menor sentido".

"Jura, Bienal?! Queria muito, mas não tem nem sinal de vacina pra um montão de gente, amada", escreveu outra usuária da rede social.

Nesta semana, ao menos cinco municípios do Rio de Janeiro tiveram que interromper duas vezes a vacinação com a segunda dose da CoronaVac, por falta de vacinas. Na semana passada, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que pelo menos dez municípios comunicaram, de forma extraoficial, a falta de vacinas.

De acordo com dados compilados hoje pelo consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, menos de 10% da população do estado recebeu as duas doses da vacina.