PUBLICIDADE
Topo

Justiça nega tentativa da Cultura e pode decretar falência nesta semana

Livraria Cultura, em São Paulo
Livraria Cultura, em São Paulo
Paulo Fridman/Corbis via Getty Images

Ana Carolina Silva

De Splash, em São Paulo

21/09/2020 17h27

A Livraria Cultura pode ter sua falência decretada ainda nesta semana. A empresa acumula mais de R$ 285 milhões em dívidas e teve uma nova derrota.

Splash teve acesso à decisão judicial publicada na sexta-feira passada pelo juiz Marcelo Sacramone, da 2ª Vara de Falência de São Paulo, que negou um pedido feito pela Cultura.

Continua depois da publicidade
livraria cultura - Divulgação - Divulgação
Livraria Cultura
Imagem: Divulgação

O juiz rejeitou a apresentação de um novo plano de recuperação judicial e ordenou que a Cultura comprove, em até cinco dias (contados a partir de 18 de setembro), que cumpriu com suas obrigações relacionadas ao plano de recuperação que já existe.

A decisão diz:

Ante o exposto, declaro a rejeição ao modificativo do plano de recuperação judicial. Comprovem as recuperandas, em 05 dias, sob pena de convolação em falência, o integral cumprimento das obrigações constituídas pelo plano de recuperação judicial homologado e vencidas até o momento.

O magistrado destacou que a exigência ainda não decreta a falência da empresa, mas disse que há "diversas alegações sobre descumprimento do plano de recuperação judicial em vigor".

Continua depois da publicidade

A reportagem entrou em contato com o advogado ligado à Livraria Cultura neste processo, mas não teve retorno.