PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Sheherazade avisa que foi dispensada por e-mail e está fora do SBT

Rachel Sheherazade no SBT  - Reprodução / Internet
Rachel Sheherazade no SBT Imagem: Reprodução / Internet
Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

28/09/2020 19h44

Imaginando que ficaria no comando do "SBT Brasil" até o final de outubro, Rachel Sheherazade foi surpreendida com um e-mail da emissora nesta segunda-feira (28) dizendo que ela não vai mais apresentar o telejornal.

Sem direito a uma despedida, a jornalista optou por gravar um vídeo no You Tube para falar da situação. "Achei que seria de bom-tom não sair à francesa. Eu venho dizer adeus. Adeus, não, um até breve", disse.

O "SBT Brasil" foi apresentado nesta segunda por Marcelo Torres e Márcia Dantas.

Sheherazade lamentou a forma como foi avisada da nova situação: "Infelizmente não tive a oportunidade de me despedir dos meus telespectadores, dos meus colegas e amigos que fiz na emissora e por isso estou tentando fazer agora", disse ela.

Depois de quase dez anos no telejornal, a jornalista disse que se considera responsável, em parte, pela melhora na audiência do "SBT Brasil". E também pela atenção que o programa ganhou da mídia.

"Foi um desafio tirar um jornal que tinha uma média de três pontos de audiência e dar, como hoje com uma média de 6, 7 pontos", disse. "E já houve tempo, os bons tempos em que a opinião era uma marca do SBT Brasil, em que nós chegamos a incríveis dois dígitos de audiência".

Proibida desde 2014 de opinar no telejornal, Sheherazade fez menção ao fato na despedida. "As opiniões que vocês tanto sentem falta levaram o meu nome e o nome do 'SBT Brasil' ao noticiário. Nunca pensei que jornalista pudesse ser notícia. Mas o nosso jornalismo virou notícia". E acrescentou: "Acredito no jornalismo que faz a gente parar e pensar".

Por fim, a jornalista avisou: "Tenham certeza que esse não é o último capítulo"