PUBLICIDADE
Topo

Marcelle Carvalho

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Diversidade em 'Quanto Mais Vida, Melhor!': novela traz três mulheres trans

A Maia será a Morte em "Quanto Mais Vida, Melhor!": um dos papeis principais - João Miguel Jr./Divulgação/TV Globo
A Maia será a Morte em 'Quanto Mais Vida, Melhor!': um dos papeis principais Imagem: João Miguel Jr./Divulgação/TV Globo
Conteúdo exclusivo para assinantes
Marcelle Carvalho

Marcelle Carvalho é jornalista que cobre, há duas décadas, o universo da televisão. Suas maiores paixões são novelas e séries, que serão abordadas aqui a partir da visão de quem vê e de quem faz.

Colunista do UOL

22/11/2021 04h59

Vamos combinar que a galera fã de uma novela está sorrindo de orelha a orelha com a estreia, hoje (22), de "Quanto Mais Vida Melhor". A nova trama das 19h retoma o ineditismo do horário, desde o fim de "Salve-se Quem Puder", em julho, completando o quadro das três novelas novas no ar. A trama de Mauro Wilson, aliás, está de olho na diversidade e traz três mulheres trans no elenco: Carol Marra, A Maia e Nany People.

O diretor artístico Allan Fiterman concorda que ainda há muito o que fazer, mas se orgulha dos passos dados pela novela nesse caminho.

A gente não está perfeito, mas temos diversidade, temos três mulheres trans, sem apontar isso em nenhum momento", afirma o diretor.

novela das 19h - João Miguel Jr./TV Globo/Divulgação - João Miguel Jr./TV Globo/Divulgação
Carol Marra é Alice, diretora jurídica da Terrare Cosméticos, em 'Quanto Mais Vida, Melhor!'
Imagem: João Miguel Jr./TV Globo/Divulgação

Na história, Carol Marra interpreta uma mulher cisgênero, Alice, diretora jurídica da rare Cosméticos, empresa comandada pela protagonista Paula (Giovanna Antonelli). Nany People é a recepcionista do motel Arriba Karakas e A Maia é a Morte. Aliás, Mauro Wilson enfatiza que ela é um dos papeis principais de sua história, além dos quatro protagonistas: Paula, Neném (Vladimir Brichta), Guilherme (Mateus Solano) e Flávia (Valentina Herszage)

Temos outro protagonismo que é a Morte e pensamos em trazer uma mulher trans, que dá uma novidade, uma modernidade. A gente tentou, isso tudo vai melhorar e tem que aumentar mais", constata o autor.

novela das 19h - Fabio Rocha/TV Globo/Divulgação - Fabio Rocha/TV Globo/Divulgação
Nany People é a Recepcionista do motel Arriba Karakas, em 'Quanto Mais Vida, Melhor!'
Imagem: Fabio Rocha/TV Globo/Divulgação

Ainda na esteira da diversidade, além das três atrizes trans, há Alessandro Brandão, que vai interpretar a dag queen Chefe, personagem não-binário, dona da boate Pulp Fiction.

A chefe é uma personagem muito bonita. A gente se esforçou muito para que essa personagem fosse mesmo uma drag queen. É um homem gay, fluido, que faz uma drag na boate e tem uma coisa de David Bowie. Eu, como um cara LGBT, que também trabalha como drag, sei que é muito importante" conta o artista, que também viveu uma drag em "Pega Pega".

novela das 19h - Reprodução / Internet - Reprodução / Internet
Alessandro Brandão (Foto João Miguel Jr. - Globo)
Imagem: Reprodução / Internet

O que Brandão gosta de pontuar é a forma como Chefe é retratada na trama.

Toda vez que se fala do LGBT na TV tem que ser pesado. A fluidez que a Chefe tem na novela é muito bonita. A comunidade LGBT também precisa ser vista com esses olhos amorosos, não só como revolução, mas também com olhos do amor. E essa personagem é carregada disso" afirma o ator.

Protagonismo negro

As chamadas de "Quanto Mais Vida Melhor" dão indícios de que será uma novela bem divertida. Mas há quem não tenha achado muita graça na ausência de um protagonista negro entre o quarteto principal. Fiterman afirma que estão longe do ideal, mas sustenta que há representatividade negra no elenco.

Acho que temos uma representatividade negra sim em nossa novela. Não é o ideal, mas estamos em busca dele. Em relação ao nosso elenco, vou falar não só em protagonismo negro, mas em diversidade. A gente tem a Bárbara Cohen, que é uma atriz negra, casada com o personagem do Mateus Solano. É a mulher entre os dois protagonistas, ela é o pivô do triângulo amoroso entre o Neném e o Guilherme", conta o diretor.

A gente está avançando. A Bárbara é o nosso quinto protagonista, vai se envolver em vários núcleos", garante Mauro Wilson.

novela das 19h - João Miguel Jr./TV Globo/Divulgação - João Miguel Jr./TV Globo/Divulgação
Bárbara Cohen é Rose: autor diz que ela é a 'quinta protagonista' de 'Quanto Mais Vida, Melhor!'
Imagem: João Miguel Jr./TV Globo/Divulgação

Além de Bárbara, Fiterman cita Matheus Abreu, que vive Antônio, o filho da personagem de Bárbara; Michele Machado, a Jandira, uma das duas ex-mulheres de Neném, a atriz Mariana Nunes, que interpreta a médica Joana, Zezeh Barbosa, a fofoqueira Tetê, e "um elenco jovem bastante talentoso", enfatiza o diretor.