PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

A Fazenda não pode se dar ao luxo de desperdiçar uma vaga com Arcrebiano

Arcrebiano (Reprodução/Gshow) - Reprodução / Internet
Arcrebiano (Reprodução/Gshow) Imagem: Reprodução / Internet
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

06/08/2021 16h47

Nada contra o gentil cidadão Arcrebiano Araújo, também conhecido popularmente como Bil. Mas tudo contra sua participação em programas de televisão cujo objetivo final seja o entretenimento do público.

Sua passagem pelo BBB 21 jamais deveria ter rendido outros convites para atrações do gênero. Homem de poucas palavras, não conseguiu se posicionar de maneira razoável, a despeito do imbróglio envolvendo Karol Conká e outros participantes.

E aqui não é nem mesmo uma crítica à postura, seja ela qual fosse, mas justamente a ausência de uma. Sofreu calado, pediu para ir embora e, escárnio dos escárnios, ainda foi convidado para o No Limite com ex-BBBs.

Chegando lá, repetiu o modus operandi: não contou história alguma e na hora em que o bicho pegou, novamente combinou a própria saída com os colegas. Simplesmente não é a dele!

Mas mesmo com uma performance tão pífia em oportunidades valiosas no horário nobre da Globo, seu nome começa a aparecer em algumas listas para A Fazenda deste ano. É uma piada de péssimo gosto imaginá-lo como um postulante ao elenco do reality rural.

Em um mercado tão movimentado quanto o das subcelebridades em busca de uma boquinha na Record, gastar uma vaga com Arcrebiano é um desrespeito com o setor. Torço para que seja apenas um mal-entendido!

Voltamos a qualquer momento com novas informações.