PUBLICIDADE
Topo

França passa a exigir teste negativo de covid de menos de 24 horas de vários países europeus

A medida entra em vigor no domingo (18) à meia-noite - Getty Images
A medida entra em vigor no domingo (18) à meia-noite Imagem: Getty Images

17/07/2021 10h38

A França vai exigir um teste negativo de Covid-19 de menos de 24 horas a todos os viajantes procedentes de alguns países europeus, entre eles Portugal e Espanha, anunciou o primeiro-ministro Jean Castex em um comunicado neste sábado (17).

A medida, que afeta os cidadãos que não estão vacinados, entra em vigor no domingo (18) à meia-noite e afeta todas as pessoas procedentes do Reino Unido, Espanha, Portugal, Chipre, Grécia e Holanda, segundo este comunicado.

Até agora, os viajantes do Reino Unido tinham que apresentar um teste negativo de um máximo de 48 horas e os do restante dos países europeus de até 72 horas.

"Ao mesmo tempo e porque as vacinas são eficazes contra o vírus, especialmente sobre a variante Delta, as restrições que pesam sobre os viajantes já vacinados totalmente com uma vacina reconhecida pela Agência Europeia de Medicamentos (Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen) serão levantadas a partir deste sábado, 17 de julho, seja qual for seu país de procedência", acrescentou o texto.

Além disso, o gabinete do primeiro-ministro também confirmou que a lista "vermelha" de países se amplia e inclui, a partir de agora, Cuba, Indonésia, Tunísia e Moçambique. O Brasil faz parte desta lista.

Os viajantes procedentes desses países devem ter um motivo de peso para justificar o deslocamento e, mesmo se estiverem vacinados, devem realizar uma quarentena de sete dias ao chegarem.

Os novos casos de covid-19 seguem aumentando na França e já superaram os 10.000 por dia, embora as internações nos hospitais não tenham aumentado, segundo os dados oficiais do governo.