PUBLICIDADE
Topo

Pousada inaugura 'Vila do Chaves' no litoral de Santa Catarina; conheça

A "Vila do Chaves" catarinense fica na cidade de Garopaba, a 450 metros do mar - Reprodução/Instagram Pousada Recanto La Ballena
A "Vila do Chaves" catarinense fica na cidade de Garopaba, a 450 metros do mar Imagem: Reprodução/Instagram Pousada Recanto La Ballena

De Nossa

16/11/2021 14h31

Já imaginou o Chaves na praia, mas bem longe das areias de Acapulco? Pois uma pousada em Garopaba, no litoral de Santa Catarina, recriou a famosa vila em que morava o personagem de Roberto Bolaños para receber hóspedes que são fãs da série mexicana.

O México, aliás, é a inspiração por trás de todo o Recanto La Ballena, localizado a 450 metros do mar na praia da Gamboa. Para inovar em sua terceira temporada de turismo, o fundador Thiago Nascimento resolveu recriar a vila no espaço da garagem da propriedade.

A primeira etapa da novidade ficou pronta há duas semanas e, por enquanto, funciona apenas como cenário — que está aberto para a visitação mesmo para aqueles que não se hospedam na pousada. Veja a comparação entre a "vila de Garopaba" e a original:

No entanto, uma das casas da vila, a número 8, vai receber hóspedes em breve, assim como a do Seu Madruga. "Segundo alguns episódios do programa, o Chaves não morava no barril, apenas se escondia ali. Sua casa era a de número 8, em homenagem ao canal 8 da Televisa, onde era exibido. Esse quarto nunca foi mostrado, mas vamos criar", contou Thiago ao portal local Hora Certa Notícias.

Vila do Chaves em Garopaba - Reprodução/Instagram Pousada Recanto La Ballena - Reprodução/Instagram Pousada Recanto La Ballena
Imagem: Reprodução/Instagram Pousada Recanto La Ballena

Já a casa da Bruxa do 71 virou um museu de brinquedos antigos.

A Casa da Bruxa do 71 na Vila do Chaves de Garopaba é um museu de brinquedos - Reprodução/Instagram Pousada Recanto La Ballena - Reprodução/Instagram Pousada Recanto La Ballena
Imagem: Reprodução/Instagram Pousada Recanto La Ballena

Para conhecer a Vila do Chaves, é necessário agendar horário através das plataformas da pousada, mas o valor cobrado é apenas "uma pequena contribuição espontânea para a manutenção do espaço e ajudar o Seu Madruga a pagar os 14 meses de aluguel que deve ao Seu Barriga", anuncia a casa em suas redes.