PUBLICIDADE
Topo

Chapada dos Veadeiros de balão: como é admirar as belezas locais de cima

Passeio de balão é uma maneira diferente de explorar a Chapada dos Veadeiros - Raphael Silveira
Passeio de balão é uma maneira diferente de explorar a Chapada dos Veadeiros
Imagem: Raphael Silveira

Marcel Vincenti

Colaboração para Nossa

09/10/2021 04h00

No Centro-Oeste do Brasil, turistas ficam encantados ao percorrer a Chapada dos Veadeiros por terra e chegar a cenários compostos por cachoeiras, rios e formações rochosas exóticas.

Mas você sabia que muitas destas maravilhas naturais também podem ser vistas desde o céu, mais precisamente em voos de balão?

Nos tours aéreos, viajantes conseguem admirar, de ângulo privilegiado, cartões-postais da Chapada como a cachoeira Almécegas I, o rio dos Couros e o rio das Cobras, além de curtir panoramas que juntam, em um só campo de visão, diversos dos atrativos locais.

Hoje, os passeios são realizados por uma empresa chamada Balonismo na Chapada: os voos ocorrem no nascer do sol, costumam durar cerca de uma hora e quase nunca seguem o mesmo roteiro.

"A rota depende de questões climáticas. Então, preferimos não citar possíveis roteiros para que as pessoas não venham com uma expectativa específica e se frustrem caso o voo não seja da forma que haviam pensado", diz Fernanda Inês Montes, que trabalha na empresa. "Mas os voos são geralmente realizados junto ao Parque Nacional. Então, de toda forma, é algo lindo".

De cima é diferente

Violeta Pena Ferreira mora na Chapada dos Veadeiros há 15 anos. Mas, mesmo vivendo há tanto tempo na área, nunca deixou de passear pelas belezas deste patrimônio natural brasileiro. E ela já realizou dois tours de balão pelo céu da região.

É emocionante observar toda esta região lá de cima. Do céu, para qualquer direção que olhar, você terá paisagens lindas, como cachoeiras, vegetação do Cerrado e serras. São várias possibilidades aparecendo por todos os lados", diz ela.

Violeta Pena Ferreira em passeio pelo céu da Chapada dos Veadeiros - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Violeta Pena Ferreira em passeio pelo céu da Chapada dos Veadeiros
Imagem: Arquivo pessoal

Violeta também gostou muito de ver de um novo ângulo lugares da Chapada que ela já conhece bem. "Pude admirar encontros de rios e outros espaços turísticos que a gente frequenta em terra. Me deu uma sensação de pertencimento".

E ela conseguiu passar sobre belos atrativos durante os dois tours aéreos.

"Em um dos voos, sobrevoamos a Água Fria, uma cachoeira maravilhosa. É uma queda d'água alta e linda. E o balão fez uma sombra perto da cachoeira, em um momento muito incrível. E, na outra oportunidade, passamos, em determinado momento do voo, sobre uma área de mata fechada que, por terra, eu nunca tinha visto".

Violeta mora na Chapada dos Veadeiros - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Violeta mora na Chapada dos Veadeiros
Imagem: Arquivo pessoal
E assume que a vista do balão é especial - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
E assume que a vista do balão é especial
Imagem: Arquivo pessoal

Violeta afirma que, com o balão, é possível "ter uma noção muito mais ampla da grandiosidade da Chapada, além de ver lugares da região aos quais não temos acesso. A Chapada ainda tem muito coisa a ser descoberta, como partes de rios que não são acessíveis por terra. E, lá de cima, dá para ver muitos destes locais.

Do céu, temos ainda mais certeza de que a Chapada é um lugar lindo".

De "terapia" a casamento

Fernanda conta que uma quantidade considerável de pessoas confessa ter medo de altura antes de realizar os voos, mas que muitas decidem se desafiar e, ao final, relatam que conseguiram superar qualquer receio.

"Certa vez, recebemos uma senhora com medo de altura, que não gostava nem de andar de elevador. Nós a encorajamos mostrando fotos dos voos e relatos de outras pessoas que haviam feito o tour com a gente", lembra Fernanda.

Ela voou e, durante o pouso, começou a chorar. Fiquei assustada com aquilo. Mas ela nos contou que, na verdade, estava emocionada por ter desafiado e superado o pânico que tinha de altura. Foi uma história bem linda".

Passeio de balão pela Chapada dos Veadeiros - Raphael Silveira - Raphael Silveira
Passeio de balão pela Chapada dos Veadeiros
Imagem: Raphael Silveira

Os voos de balão sobre a Chapada dos Veadeiros também também têm sido palco para muitos pedidos de matrimônio. "Esta é uma tendência. Neste ano, fizemos 32 pedidos de casamento, além de ensaios fotográficos de noivos e até um casamento a bordo", afirma a funcionária.

Podem voar com a Balonismo na Chapada crianças a partir dos 6 anos de idade. Grávidas, por sua vez, não podem voar. Já pessoas com problemas cardíacos precisam consultar o médico, enquanto pessoas com dificuldade de locomoção devem consultar a empresa para entendermos se existe viabilidade para o passeio.

Quanto custa o passeio

  • Voo de balão com oito passageiros: R$ 790 por pessoa;
  • Voo com três passageiros: R$ 890 por pessoa;
  • Voo exclusivo para dois passageiros: R$ 1.190 por pessoa.

Todos os valores estão sujeitos a alterações.

Mais informações: www.balonismonachapada.com.br