PUBLICIDADE
Topo

Juliette lança coleção de roupas: "Mostro minha personalidade forte e sexy"

Juliette na campanha para a coleção "A C&A de Juliette" - Divulgação
Juliette na campanha para a coleção "A C&A de Juliette"
Imagem: Divulgação

Gustavo Frank

De Nossa

16/06/2021 14h58

Vencedora do Big Brother Brasil 21, influencer, cantora e agora "na moda", Juliette se prepara para lançar a sua primeira coleção de roupas, assinada em colaboração com a C&A.

São 96 peças que retratam a personalidade da paraibana e vão ainda mais além: levam um pouco do Nordeste, do qual ela se orgulha em representar para o resto do Brasil. A "C&A de Juliette", como foi nomeada a linha, chega à loja virtual e app da marca nesta quinta (17) e em 30 lojas físicas selecionadas no dia 22 de junho.

"Antes, eu usava a moda para comunicar a minha simplicidade, meu bom gosto. Sempre fui uma pessoa que montava coisas mais limpas, comunicavam comigo. Agora, continuo igual", conta ela para Nossa, em entrevista coletiva à imprensa. "Hoje, eu visto muita coisa bonita, chique e tento puxar para algo me faz sentir bem. Quando eu visto algo que não casa com o que eu sou. Não visto. As roupas que visto mostram a minha personalidade forte, sexy e divertida."

O meu estilo não mudou, mas agora tenho mais opções e recursos. Só agregou alguns elementos."

O processo para a criação das roupas foi vislumbrado por Juliette, que revela estar vivendo um sonho com o lançamento: "Zerei a vida", brinca ela.

Cores, xilogravuras e frases que representam a vencedora do BBB 21 marcam presença entre as peças. Tudo que estará disponível, conta ela, é diverso, além de simultaneamente trazer um toque básico e de sofisticação na moda.

"As roupas têm muitos elementos que me representavam. Principalmente coisas que eu já usava, que se pareciam comigo", descreve. "Fiquei tocada. Uma poesia, de verdade."

Meu critério para collabs é fazer coisas que fazem sentido para mim, que tenham uma filosofia e defendam algo em que eu acredito. Tocam na minha história e na do país. Se sim, eu abraço e dou o melhor de mim."

"A moda como combustível"

Juliette na campanha para a coleção "A C&A de Juliette" - Divulgação - Divulgação
Juliette na campanha para a coleção "A C&A de Juliette"
Imagem: Divulgação

Citando referências como Camila Coutinho e Sabrina Sato, Juliette confessa não ser uma "expert em moda", mas descreve esse universo como um "carinho em si mesma" no dia a dia.

"A vida da gente todo dia vai ter um desafio e a moda é um combustível", opina. "Quando a gente coloca uma roupa legal, fica mais confiante. Logico que não é o centro de tudo, isso está dentro de nós, mas uma roupa legal ajuda a dar um up".

O combustível citado por ela é carregado também por suas raízes nordestinas. As peças com elementos da região são uma ferramenta para que ela se sinta mais próxima de todos que torceram por ela, além, é claro, de levantar o orgulho da suas raízes.

"[É como se pudessem] ter um pedacinho de mim", diz. "Dessa forma, me sinto mais próxima, além de me fazer o meu Nordeste presente."

Eu agradeço por todos nós sermos diferentes. Isso se chama evolução, cada um completa do seu jeitinho. A mistura de sotaques, tendências, um negócio bem moderno com tradicional. Não precisa se rotular. Isso ou aquilo. A gente é único e cheio de elementos."

A era fashionista

Juliette na campanha para a coleção "A C&A de Juliette" - Divulgação - Divulgação
Juliette na campanha para a coleção "A C&A de Juliette"
Imagem: Divulgação

Quando questionada sobre qual caminho seguirá no futuro, seja na música ou na moda, Juliette diz ainda não ter a resposta: "Vou beber um pouquinho de cada uma [das coisas] e depois digo o que me faz feliz."

O sucesso da paraibana em tudo que toca é inquestionável. Os mais de 30 milhões de seguidores no Instagram provam e fomentam isso.

"Estou me descobrindo nessa pegada forte de moda. Quando me vejo em fotos e vídeos, fico: 'Meu Deus, que universo maravilhoso. Não era algo que eu tinha o hábito. Estou com poucas marcas de moda, privilegiei a C&A porque é algo que bate comigo. Vejo um futuro com marcas boas e que fazem sentido."

Por mais humilde que seja em falar sobre como é uma inspiração para muitos brasileiros, Juliette diz que, por mais campanhas que faça, seu intuito é dar orgulho aos "cactos", como seus fãs se intitulam.

"Quando você consegue inspirar alguém, ou representar, é porque fez uma coisa muito boa", opina. "Vejo crianças, nordestinos, pessoas que sofreram algum trauma, como bullying, que se inspiram em mim. Isso é o sentido de tudo. Poderia fazer mil campanhas, mas se não desse orgulho em quem votou em mim. Não serviria de nada."

A tradição é nossa base. Não vou deixar de ter minha tradição por viver algo moderno. São coisas juntinhas, que combinam muito."

Sucesso inesgotável

Juliette na campanha para a coleção "A C&A de Juliette" - Divulgação - Divulgação
Juliette na campanha para a coleção "A C&A de Juliette"
Imagem: Divulgação

Depois de esgotar e congestionar sites com o vestido que usou durante a live com Gilberto Gil, o sucesso com a C&A provavelmente não deve ser nem questionado. O aviso à marca, inclusive, já foi dado por ela.

"Eu já disse para a C&A que vão ter que colocar estoque extra", brinca no bate-papo. "Quero todos cactos vestidos com a coleção. Quando vejo de longe já sei que é minha roupa. É minha roupa emprestada (risos)."

Estou preparadíssima, tenho certeza que vai ser sucesso. São roupas realmente bonitas, que todo mundo vai usar. A C&A vai querer me contratar todo ano."

A vida pós-BBB

Backstage da campanha "A C&A de Juliette" - Divulgação - Divulgação
Backstage da campanha "A C&A de Juliette"
Imagem: Divulgação

Juliette ainda está aprendendo a lidar com toda a pressão que vem sofrendo, desde que saiu da casa do Big Brother Brasil. Aos poucos, ela conta que está começando a entender melhor tudo que a cerca de novo.

"No início, fiquei muito assustada e comecei a entender melhor o que estava acontecendo", revela. "Busco sentido em tudo. Se eu fizer algo que me fizer mal, me sentir um objeto ou algo que não faz parte de mim, vou ficar triste. Estou evitando essas coisas ruins."

Consigo seguir e encontrar felicidade e sentido em razão do que eu estou fazendo. Estou tentando e conseguindo."

Ainda confinada, o máximo possível, em consequência do coronavírus, a paraibana conta que a oração é uma das ferramentas encontradas por ela para se reenergizar com essa nova etapa da vida.

"Eu tenho feito muita oração. Me reenergizo encontrando meus amigos e família e falando sobre coisas que a gente acredita", complementa. "Poucas vezes eu saio. Eu estou em João Pessoa, mas nem saí ainda. Procuro me reconectar comigo para receber o mundo."

Por fim, aos interessados nos "babados", os quais ela confessa também estar sempre atenta, Juliette brinca ao dizer que achou que pegaria todo mundo quando saísse da casa. No entanto, "quando era anônima pegava muito mais". Ela promete ainda que vai voltar e "dar orgulho" a todos.

O look escolhido por ela para esse comeback? Provavelmente um vestido "bem coladinho e marcado".

"Tenho um lado sexy. É assim que me sinto poderosa", afirma.