PUBLICIDADE
Topo

Quer ser nômade digital em Portugal? Ilha da Madeira oferece vantagens

Ilha da Madeira, Portugal - Juergen Sack/Getty Images/iStockphoto
Ilha da Madeira, Portugal
Imagem: Juergen Sack/Getty Images/iStockphoto

De Nossa

22/01/2021 17h14

Impulsionado pela pandemia, o trabalho remoto passou a ser uma realidade e permite que funcionários levem o "escritório" para onde bem entenderem. Que tal se instalar por um tempo na Ilha da Madeira quando for possível transitar? Pois a chance existe.

Ao contrário da oportunidade para viver e trabalhar numa ilha sem energia elétrica da Irlanda, a experiência em Portugal é um tanto mais conectada. Afinal, Wi-Fi é essencial para manter um emprego a um oceano de distância.

A iniciativa no país lusitano é uma parceria do governo regional da Madeira com a Startup Madeira e a Gonçalo Hall. Juntos, eles planejam a criação de uma "aldeia nômade digital", a Digital Nomads Madeira.

Ilha da Madeira - Juergen Sack/Getty Images/iStockphoto - Juergen Sack/Getty Images/iStockphoto
Internet e espaço de trabalho estão garantidos para quem participar do projeto e se mudar para a ilha portuguesa
Imagem: Juergen Sack/Getty Images/iStockphoto

O projeto visa ocupar a Ponta do Sol, área costeira do Sul da ilha com cerca de 8.200 habitantes e 43 quilômetros quadrados. A primeira fase da proposta deve acontecer entre 1º de fevereiro e 30 de junho.

A vila oferece aos viajantes um espaço de trabalho gratuito no Centro Cultural John do Passos com mesa e cadeira, acesso a um grupo no Slack e internet ilimitada, das 8h às 22h, diariamente. A ideia inclui a realização de eventos lúdicos para os "nômades" conhecerem a comunidade local.

A primeira fase prevê acolher 100 pessoas que se comprometem a permanecer por lá durante pelo menos um mês. Apesar de a moradia não estar inclusa, quem quer participar do projeto recebe apoio, graças a parcerias seladas com empresas locais, como imobiliárias, hotéis e locadoras.