PUBLICIDADE
Topo

Preço conta mais que limpeza nas viagens pós-pandemia, aponta pesquisa

Maioria dos viajantes decidirá viagem do pós-pandemia com base nos preços - Getty Images/iStockphoto
Maioria dos viajantes decidirá viagem do pós-pandemia com base nos preços
Imagem: Getty Images/iStockphoto

De Nossa

23/07/2020 04h00

De olho no que será do turismo após a pandemia do coronavírus, muitos viajantes devem priorizar o bolso para a escolha de novos destinos, segundo uma pesquisa da consultoria de gestão estratégica Oliver Wyman.

De acordo com o levantamento, os principais fatores de decisões de compras e escolhas para uma viagem pós-covid-19 serão preço (73%) e limpeza das aeronaves (60%). A comodidade a bordo (32%), as promoções (26%) e benefícios dos programas de fidelidade (17%) também influenciarão nas escolhas dos viajantes.

A pesquisa revela, ainda, que a maioria das pessoas (60%) deixará para viajar a lazer ou a negócios somente depois de uma autorização dos governos ou da Organização Mundial da Saúde (OMS). Já 17% disseram que uma vacina ou uma descoberta de que há anticorpos contra o coronavírus já seriam suficientes para realizar uma viagem.

Destinos domésticos estão no foco dos viajantes pós-pandemia - Getty Images - Getty Images
Destinos domésticos estão no foco dos viajantes pós-pandemia
Imagem: Getty Images

Destinos preferidos

Em relação aos locais preferidos, para 58% o plano é realizar uma viagem doméstica, contra 37% que pretendem um destino internacional.

Quando avaliados os planos das viagens domésticas, é mais provável que 59% sigam para áreas urbanas e 41% para zonas rurais.

A pesquisa ouviu 4,6 mil consumidores que voaram pelo menos uma vez em 2019. Os participantes do estudo são de nove países: Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Espanha, China e Austrália.

Brasileiros querem praia e roteiros domésticos

Outra pesquisa, do Hoteis.com, revelou que entre os viajantes brasileiros, o litoral é o destino mais desejado do pós-pandemia. Além disso, a ideia de conhecer novos lugares ganhou o status de um gesto de bem-estar.

Já o levantamento da Booking.com revela que 83% dos brasileiros sonham com viagens pelo território nacional.