PUBLICIDADE
Topo

Como decorar a casa com cores cítricas e neon e sair da mesmice

Cítricos e neon podem entrar na decoração da sua casa em elementos discretos ou ações radicais - Getty Images
Cítricos e neon podem entrar na decoração da sua casa em elementos discretos ou ações radicais
Imagem: Getty Images

Claudia Dias

Colaboração para Nossa

28/04/2020 04h00

Quem foge da decoração basiquinha e não economiza na cartela cromática vê nos tons neon e cítricos a chance de criar ambientes ainda mais intensos.

E não precisa nem carregar a mão: basta um ou outro detalhe vibrante para o resultado impressionar.

Descubra com algumas valiosas dicas a melhor maneira de incluir as cores bem vivas na decoração da casa:

Olhe o todo

Ao criar um ambiente com cores neon ou cítricas, é importante pensar na paleta do espaço como um todo. Para não errar, escolha sempre tons opostos e mais acinzentados para balancear o visual. Composições monocromáticas também são uma boa base.

Sem tinta

Para quem não quer se arriscar e pintar uma divisória inteira, pode-se incorporar as cores vibrantes através de papel de parede que traga detalhes nesses tons. Desenhos mais orgânicos ajudam a compor um ambiente mais moderno.

Trazer os tons intensos através da arte - incluindo aí o grafite - é maneira de personalizar ainda mais o projeto, já que é possível alinhar com o artista as expectativas para o ambiente.

Objetos para começar

Almofadas e mantas são ótimos itens de entrada para o universo do fluorescente e dos cítricos. Mesmo pequenas, as intervenções trazem graça e cor para qualquer cômodo.

Ambientes com muito cinza ou decoração monocromática casam bem com peças de decoração de cores bem vivas. O item decorativo pode, inclusive, ganhar destaque na composição do ambiente.

Luminárias de neon também bem-vindas em ambientes com proposta alegre e despojada. Dos tradicionais letreiros nas paredes às peças de mesa, o charme extra é garantido até no mais básico dos ambientes.

Quadros também são boas maneiras de incorporar as cores vibrantes em qualquer ambiente. Nessa questão, pesa o gosto particular: o gallery wall pode incluir várias peças com neon e cítricos, mas também é possível adotar um único quadro moderno, equilibrado com o restante do ambiente.

Para não cansar

Está com receio de enjoar da cor intensa? Aposte em objetos de decoração ou mobiliários - como cadeiras e poltronas - que sejam fáceis de pintar ou trocar o revestimento, caso você mude de ideia algum tempo depois.

Verdade seja dita, o olhar humano não está acostumado com cores mais cítricas e neon. Para não enjoar facilmente, os tons intensos podem surgir em móveis e eletros pequenos e outros detalhes da decoração que causem menos impacto.

Não há regras para a combinação de tons, nem restrições de uso. Mas é bacana combinar cor cítrica ou neon com alguma outra tonalidade mais neutra e fechada. É certeza de resultado harmônico e, ao mesmo tempo, clean.

Transformação total

Agora, se está seguro das escolhas, pode ousar com uma parede inteira para receber a cor vibrante. Vale até combinar com outros tons alegres. A recomendação, entretanto, é sempre adotar uma "base" mais neutra, como móveis brancos.

Nos móveis, pode-se optar pela pintura ou mesmo revestimentos, como acabamento em laca. Há infinitas possibilidades de cores e estampas para quem quer customizar as peças.


Fontes: arquitetas Gabriela Mendes e Lucilla Mesquita.