PUBLICIDADE
Topo

Gallery wall: dicas para aproveitar tendência e encher parede com quadros

Aprenda truques para fazer uma galery wall com a sua cara - Unsplash
Aprenda truques para fazer uma galery wall com a sua cara
Imagem: Unsplash

Claudia Dias

Colaboração para Nossa

13/04/2020 04h00

Se as paredes da sua casa estão pedindo algum tipo de intervenção para fugir da mesmice, uma boa ideia é aproveitar a tendência da gallery wall - como sugerido na seção Tapa na Casa - e encher a divisória com quadros de tamanhos, motivos e cores diferentes.

Pode parecer que a tarefa é difícil, mas Jéssica Filla de Souza, jornalista e designer de interiores por trás do perfil @de.aluguel, especialista em lares alugados, ensina como fazer isso.

1. Já tem todos os quadros? Organize-os no chão

No projeto do Lynx Arquitetura, havia a ideia de adotar impressão digital. Por isso, foi desenhada uma composição de quadros com diferentes tamanhos e imagens, executadas pela Urban Arts - Urban Arts - Urban Arts
No projeto do Lynx Arquitetura, havia a ideia de adotar impressão digital. Por isso, foi desenhada uma composição de quadros com diferentes tamanhos e imagens, executadas pela Urban Arts
Imagem: Urban Arts

Se você já possui todos os quadros que deseja pendurar, Jéssica Filla de Souza orienta que o ideal é organizá-los no chão ou em cima da cama previamente, já vislumbrando a disposição final.

Nesse momento, já pense na distância que cada quadro deve estar um do outro - entre 10 e 15 centímetros são boas opções. "Meça também o tamanho total que os esses quadros juntos vão ocupar na parede, tanto na largura, quanto na altura. Feito isso, faça a marcação com lápis na parede", ensina.

Dica: use folhas ou jornais recortados no tamanho de cada quadro para se guiar ou adote um dos quadros da galeria como guia. "Selecione um, pendure na parede e vá colocando os outros conforme a ordem que estabeleceu antes, respeitando as medidas de espaço entre eles", continua.

2. Se não tem as telas, monte aos poucos

Agora, se você não possui todos os quadros, pode montar a galeria devagar. Fixe, primeiramente, as telas disponíveis no momento e, à medida que for adquirindo outras, pendure uma a uma, respeitando o espaçamento entre elas.

Não é preciso se limitar a padrões e formatos repetitivos. A gallery wall permite unir diferentes telas, com tamanhos livres. No fim, o resultado é bonito do mesmo jeito - Urban Arts - Urban Arts
Não é preciso se limitar a padrões e formatos repetitivos. A gallery wall permite unir diferentes telas, com tamanhos livres. No fim, o resultado é bonito do mesmo jeito
Imagem: Urban Arts

3. Sem se prender a tamanhos e estilos

Não há regras. É possível montar a gallery wall conforme seu gosto. O tamanho vai depender muito da metragem da parede, enquanto o estilo tende a variar de acordo com o gosto do morador e da decoração já existente.

"Galerias mais modernas e irreverentes costumam ter quadros com tamanhos diferentes e dispostos tanto na horizontal, quanto na vertical. Agora, se quer algo mais clássico, pode optar por tamanho e molduras iguais", recomenda Jéssica. E para deixar mais agradável visualmente, prefira fazer composições na horizontal ou vertical - na diagonal, não costuma cair bem.

4. Quase até o teto

Dez centímetros é uma boa medida para referência, tanto na distância entre um quadro e outro, como também o espaço que deve ser preservado entre rodapés, tetos e móveis - sofá, cristaleiras ou vasos, por exemplo.

Todo ambiente interno pode ganhar uma gallery wall, caso do quarto de um garoto, feito pelas arquitetas Luciana Uras e Evelyne Grande, do Studio ArquitetUras - Luis Carlos Gomes - Luis Carlos Gomes
Todo ambiente interno pode ganhar uma gallery wall, caso do quarto de um garoto, feito pelas arquitetas Luciana Uras e Evelyne Grande, do Studio ArquitetUras
Imagem: Luis Carlos Gomes

5. Cuidado com o sol

Praticamente todos os ambientes internos aceitam uma gallery wall. Entretanto, evite montar em área com incidência direta do sol. "A tela pode perder a sua cor com passar do tempo e as molduras, ficarem danificadas", alerta Jéssica. Pelos mesmos motivos, nem toda área externa é bacana para a montagem da gallery wall.

6. Vá além dos quadros

A gallery wall permite ir além dos quadros e ganha um toque de ousadia com o agrupamento de itens decorativos variados - Divulgação @de.aluguel  - Divulgação @de.aluguel
A gallery wall permite ir além dos quadros e ganha um toque de ousadia com o agrupamento de itens decorativos variados
Imagem: Divulgação @de.aluguel
Jéssica observa que a galeria na parede não precisa, necessariamente, ser composta apenas por quadros. "Pratos e outros objetos decorativos também podem ser pendurados juntos. Eles trazem relevo e ficam supercharmosos", assegura.

7. Emoldure lembranças

"A casa é um reflexo de quem você é. É a sua personalidade transformada em matéria. Por isso, ela precisa contar a sua história", defende a designer por trás do @de.aluguel. A sugestão é transformar lembranças em quadros: tickets de viagens importantes, aquela carta gostosa de ler ou um objeto de um ente querido são muito bem-vindos. "Uma dica, principalmente para corredores, é fazer uma parede com fotos de família e lugares que visitou. Fica ainda mais bonito se todas as fotos forem em preto e branco e com molduras iguais", garante.

8. Ilumine a galeria

Spots de luz no teto, logo acima dos quadros, vão criar o efeito "wall washing". "Vai parecer que aquela luz está lavando a parede, dando um destaque incrível, chamando ainda mais atenção à sua galeria e tornando-a um ponto focal no ambiente", defende Jéssica.

Montar a gallery wall em paredes coloridas valoriza ainda mais a composição. Contrastes de cores é boa pedida para balancear, como nessa criação da Urban Arts - Urban Arts - Urban Arts
Montar a gallery wall em paredes coloridas valoriza ainda mais a composição. Contrastes de cores é boa pedida para balancear, como nessa criação da Urban Arts
Imagem: Urban Arts

9. Aposte em parede colorida

Não tenha medo de montar uma galeria em parede pintada de outra cor que não seja o branco. Segundo Jéssica, fica bastante estiloso, sobretudo se um ou outro quadro tiver o mesmo tom da pintura. Aliás, procure sempre colocar pelo menos uma tela na mesma paleta de cores do ambiente. "O espaço fica visualmente mais harmônico e equilibrado", garante.

10. Inspiração bônus: mix de estilos

Essa é para você se inspirar. Visitamos em nossa websérie Casa de Estimação o apê da ilustradora e multicriativa Ana Strumpf. "Meu estilo de decorar é o não estilo. Gosto muito de misturar", define ela. Como então mesclar várias referências e objetos garimpados pelo Brasil e o mundo no mesmo espaço? Veja no tour as dicas: