PUBLICIDADE
Topo

Aos 70 anos, Kombi é protagonista de histórias de viajantes mundo afora

Modelo que parou de ser produzido em 2013, a Kombi entrou para o imaginário de viajantes pelo mundo - Reprodução/@idletheorybus
Modelo que parou de ser produzido em 2013, a Kombi entrou para o imaginário de viajantes pelo mundo Imagem: Reprodução/@idletheorybus

Eduardo Vessoni

Colaboração para Nossa

27/04/2020 04h00

A septuagenária de design polêmico não é bem aquele automóvel que muita gente escolheria para fazer longos e confortáveis deslocamentos.

Porém, 70 anos depois de seu lançamento, a Kombinationsfahrzeug, mais conhecida por aqui como Kombi, ainda é símbolo do mundo das viagens, seja como protagonista de filmes ou até como opção de hospedagem.

Lançada na Alemanha, em 1950, essa van passou a ser fabricada no Brasil a partir de 1957, na recém-inaugurada fábrica Anchieta da Volkswagen, no ABC paulista. Carinhosamente chamada de Bulli em seu país de origem, a Kombi chegou a ser definida pela montadora como "um local de trabalho móvel".

Kombi  - Marek Kruszewski/Divulgação - Marek Kruszewski/Divulgação
Kombi
Imagem: Marek Kruszewski/Divulgação

Apesar de não ser mais produzida desde 2013, ainda faz parte do imaginário de muitas experiências e road trips. Conheça algumas delas.

Estilo de vida

Com o lema "gastar tempo sem fazer nada", a dupla Kit Whistler e J.R. Switchgrass usa uma Kombi laranja, desde 2012, como hospedagem em suas viagens pela América do Norte.

Os brasileiros Otaviano Marques e Vanessa Monnier, há quatro anos na estrada, tocam o projeto Vivendo Mundo Afora, cujas viagens em uma Kombi são registradas em vídeos que abordam destinos e dicas simples de mecânicas, entre o Brasil e a América do Norte. Por conta da pandemia, os dois estão em Joinville, mas nas últimas postagens abordam a passagem pelos Estados Unidos.

Já o casal Rodrigo Arnhold e Manoela Petry, impedidos de sair da Colômbia, passam a quarentena em Medellín, a bordo da Analuz, uma Kombi modelo 2013 com a qual rodam o continente desde maio de 2019.

Fora da ordem

Cidade natal do compositor Beethoven, Bonn não é só uma bela coleção de arquitetura bem preservada. Ex-capital da Alemanha, a cerca de 30 quilômetros de Colônia, o destino é endereço de inusitado hostel com opções individuais de hospedagem em antigos vagões de trens da Deutsche Bahne (DB) e trailers temáticos, decorados pela cenógrafa cinematográfica Marion Seul.

BaseCamp, hostel em Bonn, na Alemanha - Eduardo Vessoni - Eduardo Vessoni
BaseCamp, hostel em Bonn, na Alemanha
Imagem: Eduardo Vessoni

O local, que fica em área coberta, abriga dois modelos de Kombis (Volkswagen T2 e T3 Transporter) em estilo anos 60, equipadas com cama e capacidade para até 3 pessoas. Saiba mais no site oficial.

Noite no jardim

Na Vila Madalena, no bairro mais hypado da cidade, uma Kombi pode ser alugada para uma noite no jardim de um hostel instalado em uma casa dos anos 50.

Kombi no Hostel Paradiso, na Vila Madalena, em São Paulo - Divulgação - Divulgação
Kombi no Hostel Paradiso, na Vila Madalena, em São Paulo
Imagem: Divulgação

Inspirada nas experiências que tiveram em suas viagens, os proprietários Luiz Mastropietro e Luciano Menezes criaram uma Kombi-dormitório, em um modelo amarelo original dos anos 70 com decoração retrô e futon para duas pessoas.

"A Kombi fica em meio a árvores frutíferas e tem essa atmosfera de camping chic. É como dormir como um hippie", explica Mastropietro. Saiba mais no site oficial.

Paz e Amor

Seguindo na onda da hospedagem Flower Power, o Hostel da Vila, em Ilhabela, conta com uma Kombi de desenhos psicodélicos no quintal da propriedade.

O modelo 1973 abriga até duas pessoas e tem estrutura interna simples com colchão sobre um baú de madeira, aparador e ventilador.

A propriedade, município-arquipélago do litoral norte de São Paulo, é conhecido pelas opções inusitadas de hospedagem, como casa na árvore e cabana.

Hostel da Vila - Divulgação - Divulgação
Hostel da Vila, em Ilhabela
Imagem: Divulgação

Kombi leva e traz

Roda Socorro - Divulgação - Divulgação
Roda Socorro
Imagem: Divulgação
Para quem vai a Socorro sem carro próprio, o Roda Socorro é um serviço de transfer turístico que leva visitantes a pontos turísticos dessa cidade paulista, a 140 quilômetros da capital.

A bordo de uma Kombi estilizada, é possível chegar a atrativos desse destino conhecido como 'Cidade da Aventura', por conta das opções turísticas como rapel, circuitos de tirolesa e trilhas em cavernas.

Mais que um city tour

Desde 2016, o Airbnb tem se firmado não só como uma rede de compartilhamento de meios de hospedagem.

Na seção Experiências da plataforma, atividades presenciais provisoriamente suspensa por conta do coronavírus, são oferecidas a bordo de uma Kombi, como um passeio de quatro horas por vinhedos e cervejarias da Califórnia e um tour por Paris, em um modelo dos anos 70.

Comida de rua

Komborgânica, projeto de feira orgânica itinerante, em São Paulo - Divulgação - Divulgação
Komborgânica, projeto de feira orgânica itinerante, em São Paulo
Imagem: Divulgação
Passada a febre da comida gourmetizada vendida sobre rodas, estabelecimentos paulistas conseguiram sobreviver com seus food trucks.

Um dos casos de sucesso em São Paulo é a Komborgânica, uma espécie de feira orgânica itinerante que até, recentemente, circulava em uma Kombi antiga pelas ruas da cidade.

Por conta dos custos operacionais do veículo, o projeto foi modificado, mas o agrônomo Mário Júnior segue fazendo delivery de produtos orgânicos, cuja lista de produtos disponíveis é atualizada via Whatsapp (11-98845-1721) às sextas e as entregas feitas às terças.

"É tudo da agricultura familiar e colhido um dia antes da entrega", avisa Júnior que, atualmente, faz entregas com uma Fiorino e carros de taxistas parceiros.

Viagens no showbizz

carro Scooby Doo - Reprodução - Reprodução
A icônica Kombi da turma de Scooby Doo
Imagem: Reprodução

Sem dúvida, a Kombi mais famosa do entretenimento é a van no estilo Flower Power em que os personagens Fred, Velma, Daphne e Salsicha usavam para solucionar mistérios, nos desenhos do medroso Scooby-Doo.

A road trip mais célebre do cinema a bordo do modelo, porém, fica mesmo por conta do filme "Pequena Miss Sunshine".

Sob o slogan "De perto, nenhuma família é normal", o longa estadunidense de 2006 tinha uma Kombi amarela como uma espécie de símbolo unificador de uma família desajustada que atravessou os Estados Unidos para levar a caçula para um concurso de beleza, na Califórnia.

Cena de "Pequena Miss Sunshine" - Reprodução - Reprodução
Cena de "Pequena Miss Sunshine"
Imagem: Reprodução

Vencedor do Oscar em duas categorias (Roteiro Original e Ator Coadjuvante para Alan Arkin, o avô malucão da pequena Olive), o longa teve cenas rodadas em cidades da Califórnia e do Arizona, como Phoenix e Flagstaff.